Após conquistar prefeitura de Cabedelo, Leto Viana se prepara para ampliar poderio político

viana umCom pouco mais de vinte e quatro horas sentando na cadeira deprefeito, cresce as movimentações nos bastidores da política de Cabedelo ,importante colégio eleitoral paraibano, com vistas às eleições de 2014. O Portal PB Agora tomou conhecimento de que o prefeito Leto Viana (PTN) já iniciou articulações para aumentar o seu poderio político e tem como prioridade emplacar a sua esposa Jacqueline Viana (PRB) na corrida por uma cadeira na Assembleia Legislativa.

É válido destacar que Jacqueline não é uma iniciante na política, pois com as bênçãos do esposo, conquistou na eleição passada uma cadeira na Câmara de Cabedelo, mandato que já foi ocupada pelo marido.Informações obtidas pelo PB Agora dão conta que ao contrário de outras esposas que adotam papel figurante, a vereadora Jacqueline tem voz ativa no grupo sendo a principal articuladora política do prefeito Leto Viana.

Com a manobra Leto tenta repetir o feito de um adversário: o ex-prefeito de Cabedelo Doutor Júnior (PT) que conseguiu emplacar a sua esposa Gianina Farias (PT) por um mandato na Casa de Epitácio Pessoa.

Com um orçamento poderoso e com um colégio eleitoral de mais de 35 mil votos, Leto sabe que agora com a caneta na mão e com uma estrutura financeira de dar inveja a muitos prefeitos paraibanos, serão fatores determinantes na eleição da sua esposa Jacqueline Viana.

Resta saber como o eleitorado da cidade portuária responderá a mais nova articulação visando as eleições 2014. Outro fator que pode impulsionar a candidatura de Jacqueline é um possível apoio do empresário Roberto Santiago.

AMIZADE COM ROBERTO SANTIAGO:Durante entrevista concedida nesta quinta (21), Leto explicou a polêmica envolvendo a carona dada pelo empresário Roberto Santiago, dono do Manaíra Shopping que o prestigiou na sua posse:

“Eu sou um homem de caráter e não tenho vergonha das minhas amizades. Tenho orgulho de ser amigo de Roberto Santiago, um empresário que tem investido muito na Paraíba”, acrescentando que não tem a intenção de ‘barrar’ um novo shopping na cidade portuária: “Quem tem que dizer se vai construir ou não é a iniciativa privada. É mentira dizer que os vereadores são contra o projeto. O que houve foi uma manobra do ex- prefeito José Régis que tentou tirar o projeto da Câmara para resolver em seu gabinete”, frisou o prefeito do PTN.

PB Agora permanece atento aos bastidores da política paraibana.

PBagora