Após denúncia no conselho de ética, deputado pede arquivamento de ‘cura gay’ - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Após denúncia no conselho de ética, deputado pede arquivamento de ‘cura gay’

cura gay 12O deputado federal Pastor Eurico (PSB-PE) pediu o arquivamento de seu projeto para permitir a chamada “cura gay” na semana passada. O projeto visava a anular uma resolução do Conselho Federal de Psicologia que diz: “Os psicólogos não colaborarão com eventos e serviços que proponham tratamento e cura das homossexualidades”.

Segundo a assessoria de imprensa do PSB, a decisão do deputado ocorre após ele ter sido denunciado e investigado pelo conselho de ética da sigla. Com o arquivamento do projeto, o processo no conselho também foi arquivado.

À época, o deputado afirmou que é inconstitucional “não permitir que o paciente tenha do profissional da psicologia um atendimento que vise buscar uma solução para seu comportamento sexual, caso ele queira abandonar a prática homossexual”.

Projeto igual já havia causado polêmica quando proposto pelo deputado federal João Campos (PSDB-GO). Ele chegou a passar em votação na Comissão de Direitos Humanos (CDH), presidida então pelo deputado Marco Feliciano (PSC-SP), mas foi arquivado após diversos protestos e manifestações convocados por militantes LGBT (lébicas, gays, bissexuais e transgêneros).