Após paralisação; “Professores voltam ás ruas, vão Câmara Municipal pedir explicação ao prefeito de Santa Rita”, do salário atrasado de dezembro.

Após paralisação; “Professores voltam ás ruas, vão Câmara Municipal pedir explicação ao prefeito de Santa Rita”, do salário atrasado de dezembro.

professor 1Após dois dias de paralisação em advertência a prefeitura de Santa Rita cobrando o salário atrasado de dezembro de 2015, os professores sem nenhuma definição prevista para receber os vencimentos aprovam em mais uma assembleia o retorno de mobilização nas ruas da cidade e resolvem ir até nesta segunda-feira (18), para pedir explicação ao prefeito de Santa Rita Netinho de Várzea Nova, que na oportunidade estaria sendo sabatinado pelos vereadores em sessão especial em relação os salários atrasados dos aposentados e pensionistas do município.

No retorno da caminhada ás ruas no centro da cidade com o objetivo até a Câmara de Santa Rita ao encontro do prefeito de Santa Rita os professores na galeria da Câmara Municipal nomeou o professor Valdir Lima para representar a categoria além do presidente do sindicato José Farias para discutir com o prefeito de Santa Rita, no plenário da Câmara de Santa Rita em relação ao salário de dezembro de 2015, que na oportunidade completa três meses que até hoje continua sem definição para efetuar o pagamento dos professores em Santa Rita.

O prefeito de Santa Rita, Netinho de Várzea nova autorizou a permanência dos representantes da categoria e na discussão admitiu o atraso dos salários dos servidores alegando a queda de receita que tem afetado com a crise financeira que não só atingi a prefeitura de Santa Rita, más boa parte em quase todo o Brasil, e diante da categoria o “prefeito agendou uma nova reunião para a quarta feira (20), ás 15hs, na sede do Instituto de Previdência-IPREV. O prefeito Netinho disse ainda que boa parte da folha de pagamento da prefeitura de Santa Rita vem sendo efetuado com a receita própria devido a redução dos recursos tem causado atrasos em vários setores e com isso tem dificultado a honrar os compromissos em dia na folha de pagamento, que a nossa meta é regularizar toda a folha de pagamento que estamos sentando para encontrar uma saída para sanar as pendências e anunciar um calendário de pagamento, declarou o prefeito de Santa Rita-PB.

“Temos conseguido pagar o magistério em dia e não conseguimos honrar ainda a metade da folha de dezembro de 2015, estamos agendando essa reunião para solucionar uma saída entre o sindicato, finanças do município, uma comissão do magistério e representantes da Câmara Municipal. O prefeito pediu que cancelasse a reunião para segunda-feira (25), agendada no sindicato, o professor Valdir Lima afirmou que  depender da decisão da reunião desta quarta-feira (20), o que ficou aprovado em assembleia no sindicato  um movimento para o dia (25) poderá ser anulada caso a decisão da reunião venha atender a categoria”, frisou.sinfesa - camara -1

sinfes-professor 2

Lamartine do Vale