João Pessoa 25/04/2019

Início » Câmara em foco » Após prefeito Panta criar guerra com a Cagepa, vereador teme pelo abastecimento de Santa Rita

Após prefeito Panta criar guerra com a Cagepa, vereador teme pelo abastecimento de Santa Rita

O vereador Sebastião do PT, autor da emenda ao projeto 065/2018 que trata da municipalização da água de Santa Rita-PB instituido pelo prefeito Panta que cancelou o contrato com a CAGEPA via decreto e que possuía autonomia para vender a referida lei e após derrubada de veto do prefeito na Câmara Municipal, caso, se a venda se concretizar, o vereador prevê um caos no fornecimento da água e pelo investimento de 30 anos da Cagepa em Santa Rita, e revelou também uma briga judicial sem precedentes aonde pode vir a prejudicar os santarritenses.

“O saneamento da zona rural de Santa Rita não houve investimento e nenhum avanço nos últimos trinta anos em especial a gestão Panta que criou um problema para os santaritensses com a CAGEPA que vêm investindo nos bairros com esgoto, estação elevatória e estação de tratamento e uma barragem de nível más que o fornecimento na cidade é precário e, na opinião do vereador é um direito do prefeito, ou se caso a oportunidade seria em outro momento, ou esperar pela conclusão dos investimentos pela referida companhia ou se a Cagepa requerer seu investimento até por que Várzea Nova o fornecimento da água pelo reservatório de Marés e o restante da zona urbana pela Cagepa, e a questão agora é, que o povo será ouvido por meio da Câmara de Santa Rita que é preciso ter prudência na discussão e que a população exige um bom serviço” declarou o vereador Sebastião Bastos.

O medo

“Para que o povo de Santa Rita não tenha nenhuma dúvida a emenda aprovada na  Câmara de Santa Rita dar uma nova redação ao Art. 20, ao aprovar o projeto que o prefeito tem em mãos ao plano de municipalização da água, é que à Câmara Municipal vote por ou por não com sua participação. De forma unilateral o prefeito Panta rompeu o contrato com a CAGEPA que se estende até 2025, e para o vereador Sebastião seu medo é a situação entre Cagepa e a empresa que vencer a licitação! como é que a empresa vencedora vai entra em Santa Rita, e se, à Cagepa requere seus investimentos além dos recursos aplicados, como vai ficar a situação, ai é aonde entra a participação popular que é a Câmara que vai opinar para o que for favorável para o povo”, alertou Sebastião do PT.

O vereador Sebastião Bastos disse que a explicação da emenda e Lei que é de autoria do ex-prefeito Reginaldo Pereira e não de Panta é levar a verdade ao povo e das distorções da emenda na cidade e a Câmara de Santa Rita vai votar em favor do povo para que seja prestado um serviço de qualidade tanto na zona urbana como rural, frisou.

Lamartine do Vale