Após prisão de Temer, Michelzinho é atacado no YouTube

Michelzinho, o filho do ex-presidente Michel Temer, recebeu diversos comentário irônicos nos vídeos publicados em seu canal no Youtube desde a prisão do pai, nessa quinta-feira (21).

No vídeo mais recente publicado em 10 de março pelo menino de 9 anos, um internauta escreveu: “Papai foi preso”. Outro, ironicamente, tentou aliviar: “Espero que você supere isso”.

Michelzinho fez sucesso no Youtube quando Temer estava na presidência. Os vídeos do menino com mais visualizações são um em que ele conta 20 fatos sobre si mesmo, com 22 mil visualizações, e outro em que ele dá sustos em funcionários do Jaburu com uma cobra de mentira (17 mil visualizações).

Como conta o “Metrópoles”, Michelzinho faz também transmissões ao vivo de jogos online.

Minuto ao Minuto