Após reunião com a gestão Panta, servidores de Santa Rita decidem agendar nova assembleia por proposta de salários atrasados e terço férias

Após reunião com a gestão Panta, servidores de Santa Rita decidem agendar nova assembleia por proposta de salários atrasados e terço férias

A nova mesa diretora do Sindicato dos Servidores Públicos Municipal de Santa Rita-PB – Sinfesa, realisou nesta última sexta-feira (24), uma assembleia geral com servidores do município e, na pauta que foi avaliada a reunião com secretários da gestão Panta tendo como objetivo de reivindicar salários atrasados, terço de férias e reajustes para todas as categorias que a gestão não concedeu desde que assumiu a administração, diante do exposto, servidores decidiram aguardar por uma nova proposta da prefeitura que acontecerá em assembleia em 04 Setembro podendo haver indicativo de greve, caso, não reajustar a defazagem salarial de todas as categorias.

O presidente do sindicato José Farias na reunião com os secretários de Agricultura e Chefia de Gabinte juntamente com os novos integrantes da nova mesa diretora do Sinfesa que, discutiram a viabilização para uma solução para acabar com o impasse criado pela gestão referente aos salários atrasados, terço férias e reajustes além de vários benefícios que sonegados pela gestão e o descumprimento das leis municipal, que segundo representantes do prefeito irão dialogar com o gestor e que posterior realizarão uma proposta para as categorias, afirmou josé Farias cobrando os benefícios que defasou salários de todos os servidores, declarou.

Na assembleia ainda, José Farias alertou aos servidores que se foi discutido os benefícios quinquênios que está assegurada pela Lei Orgânica do município, que a assessoria jurídica do sindicato vai fazer uma consulta para que a gestão cumpra com sua obrigação que são direitos adquiridos dos servidores, além da questão de aposentadorias que estão sendo quastionadas pela IPREV de Santa Rita, dos servidores que estão requerendo aposentadoria com outros vinculos empregatícios oriundos do INNS, que segundo o vice-presidente do sindicato Martins a gestão não quer integrar com a lei municpal que o sindicalista assegurou da ilegalidade e qualquer servidor que previamente requerer aposentadoria se dirija ao sindicato para realisar analíse de càlculos para não obter prejuízo, alertou Martinho.

A discussão se estendeu também para os servidores que a prefeitura de Santa Rita ainda não quitou com os salários atrasados  da gestão de 2016 e terço de férias, como também reajustes de salários que em 2018 vem pagando 1/3 de férias por escalonamento mesmo descumprinado o que recomendou o Ministério Púlbico que se encontra no momento judicializado que segundo a promotora éra para ter sido efetudo o pagamento integral, que a gestão Panta descumpriu prejudicando todos os servidores.

Por fim, na assembleia geral o presidente reeleito José Farias proferiu a interlocução aos novos diretores que compõe a nova mesa diretora do sindicato, que em seguida os servidores elegeram o conselho fiscal da educação e que durante a semana que antecede a asembleia que será realisada em 04 de Setembro retomarão as visitas as unidades de escolas, creches e saúde alertando aos servidores em relação as ações sindicais para fortalecer a unidade para as votações que vão decidir o futuro dos servidores referente a situação que vai completar dois anos de gestão Panta que se omite em conceder todo tipo de benefício aos servidores, concucliu José Farias.

Lamartine do Vale