João Pessoa 20/04/2019

Início » Câmara em foco » Após sessão especial com moradores da rua rio, vereadores vão à procuradoria de Santa Rita para evitar demolição, vídeo

Após sessão especial com moradores da rua rio, vereadores vão à procuradoria de Santa Rita para evitar demolição, vídeo

Há quinze dias houve uma reunião com o proucurador da República Dr Godoy, procuradora de Santa Rita, vereadores e moradores da Rua Rio e ficou acertada na audiência que as intervenções de demolições estavam suspensa até realizar uma nova inspeção.

Em sessão especial na Câmara de Santa Rita-PB, realizada nesta terça-feira (11), com os moradores da rua do Rio para explicar a reunião realizada com o procurador da República Dr Godoy o que aconteceu e o que ele determinou cancelando as demolições pela prefeitura de Santa Rita, os vereadores na sessão especial ficaram revoltados e indignados com a postura da procuradora da prefeitura Luciana Miranda que continuou a importunar e oprimir os moradores para que deixassem as residências na rua rio para sua demolição, descumprindo um TAC entre vereadores, moradores da rua rio e a própria procuradoria de Santa Rita e, logo após os relatos na tribuna da Câmara os vereadores, moradores caminharam pelas ruas de Santa Rita e retornaram a procuradoria para exigir explicações por que estavam descumprindo a determinação do Procurador da república em audiência realizada último dia 29.

“Servidores da prefeitura continuam visitando as residências e obrigando as pessoas a abandonarem as residências e nós vamos resistir e estão descumprindo o que ficou acordava na audiência com o procurador dr Godoy, sou moradora a 40 anos e não fui contemplada com a casa e o procurador cancelou as demolições de 26 famílias e eu estou inclusa e a prefeitura não falou em aluguel social e quer que nós saíssem de toda maneira e que não atendemos”, foi o que disse Rosa Silva na tribuna da Câmara.

Contudo, na sessão especial foi agendada uma nova reunião para esta quarta-feira (12), às 09:30 horas com o procurador da República, vereadores e moradores para tirar algumas dúvidas e que a prefeitura de Santa Rita evite as demolições.

Lamartine do Vale