Aposentadoria aos 30 anos: é possível? - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Aposentadoria aos 30 anos: é possível?

AposentadoriaO mecânico e funcionário da ArcelorMittal Tubarão, Alexandre de Souza Frontino, de 31 anos, há dois anos começou a planejar a aposentadoria e a reduzir os gastos da família para poupar mais.

Ter uma vida simples, principalmente na juventude, sem muitas regalias, sem esbanjar com roupas da moda, carrão do ano e festas todo final de semana é a saída para se aposentar cedo e se tornar milionário antes mesmo de se chegar aos 30 anos.
Em se tratando de futuro financeiro, segundo especialistas, é preciso ser radical e poupar o máximo possível, até mais de 80% da renda líquida da família.As a titudes devem ser tomadas antes mesmo de o indivíduo nascer. Berços e enxoval que custam milhares de reais podem ser trocados por móveis mais em conta e roupas nada glamourosas. Há pais que gastam de R$ 5 mil a R$ 10 mil só com o quartinho do bebê, dinheiro que se guardado numa poupança pode ajudar o pequeno a se tornar um milionário antes mesmo de completar 10 anos de profissão.

Outra medida que precisa ser feita é formar crianças empreendedoras, que buscam logo cedo estratégias para ganhar um dinheiro extra.Nos Estados Unidos, por exemplo, os adolescentes entre 12 e 15 anos atuam como babás, cortam grama da casa do vizinho, consertam computadores e eletrodomésticos.

O conselho de quem entende de finanças é que antes de chegar aos 30 anos, o jovem que mora na casa dos pais deve aproveitar para economizar quase que 100% o seu salário, investindo esses recursos para enriquecer.

O consultor financeiro e especialista em pré e pós-aposentadoria Augusto Saboia disse que para ficar sem trabalhar é necessário se transformar em um verdadeiro “mão de vaca”. “Quem gasta tudo o que tem deve ser internado urgente. A fase para enriquecer é agora. É preciso cortar na carne. O comportamento deve ser mudado ao ponto de as pessoas o chamarem de pão duro. Quando isso acontecer, será sinal de que você sabe usar seu dinheiro”, afirma.

O planejador financeiro explica que a economia no Brasil não está boa a ponto de o trabalhador brincar com seu orçamento.

“Se a inflação sem mantiver em 5% ao ano, quem quiser se aposentar com uma renda de R$ 10 mil, se não souber capitalizar o dinheiro, vai ganhar apenas R$ 5 mil e terá uma despesa de R$ 15 mil. As pessoas estão brincando. Quando se aposentarem, se não investirem e pouparem antes, não terão condições de pagar o plano de saúde e de comer com dignidade”, conta Saboia, que ajudou um casal sem filhos com renda mensal de R$ 10 mil a conquistar R$ 1 milhão em cinco anos.

A estratégia traçada para essa família foi enxugar os gastos para poupar 82,3% da renda da família. Para reduzir os custos, o casal se mudou para um apartamento menor, perto do trabalho, ficou com apenas um carro e cortou os gastos com comida fora de casa. “Como recebia vale alimentação, o casal fazia compras e começou a levar as refeições feitas em casa para o trabalho”.

Preocupação

Alexandre de Souza Frontino, de 31 anos, há dois anos, passou a se preocupar mais com a aposentadoria. Ele que é funcionário da ArcelorMittal Tubarão se assustou ao ver que parte de seus colegas precisavam voltar a trabalhar quando se aposentavam porque não se prepararam para um corte na renda.Ele se inscreveu no programa Reflexão para a Aposentadoria, oferecido pela empresa, e aprendeu técnicas para planejar o futuro da sua família. “Além de economizar, comecei a fazer mais depósitos no plano de previdência complementar. Penso em conseguir recursos para me aposentar bem aos 50 anos”, explica.

A coordenadora do programa da ArcelorMittal Tubarão, Janaína Almeida, explica que desde 1993 mais de 2,6 mil pessoas foram orientadas a pensar na aposentadoria.

O projeto é voltado para funcionários de todas as faixas etárias, mas os jovens são os principais alvos do programa, que também dá orientação sobre como investir e como conquistar a casa própria.

“Nossa intenção é levar essas pessoas a fazerem um novo projeto de vida. E além das questões financeiras, mostramos que são necessárias atitudes saudáveis para se aposentar bem de saúde”.
Foto: A GazetaClique para ampliar
Canadense parou de vez aos 30
Atitudes extremas, mas vitoriosas fizeram o canadense Pete conquistar sua aposentadoria aos 30 anos. Ele, que não divulgou seu sobrenome, e sua esposa começaram a pensar aos 20 anos como seria possível deixar de trabalhar e aproveitar melhor a vida.As ações para enriquecer foram desde trocar o carro pela bicicleta a reduzir o consumo de carnes. Hoje, com 39 anos, Pete se dedica ao seu maior hobby, a carpintaria. E sua esposa, além de ter voltado a estudar, dedica-se a trabalhos voluntários.

Pete é conhecido pelo seu blog, Mr. Money Moustache, espaço usado para dar conselhos para quem deseja conseguir independência financeira ainda jovem.

Para se aposentar cedo, Pete e sua mulher pouparam muito, quase tudo do que receberam em uma década de serviços no setor de informática.

“A filosofia é gastar menos, não importa o quanto você ganha. É preciso substituir atividades, como ir de bicicleta para o trabalho em vez de usar o carro, cozinhar sua própria comida em vez de ir a um restaurante a cada semana”, disse Pete à BBC.

O especialista diz que adotar medidas sustentáveis financeiramente são as estratégias para conseguir enriquecer em pouco tempo. Ele dá como sugestões se divertir em espaços públicos, como parques. Outra dica é deixar a TV de lado e usar o tempo gasto assistindo a novelas, filmes e séries para fazer cursos, atividades artísticas e outras tarefas novas.

Para economizar no mercado, o blogueiro comprava menos carne, evitava alimentos embalado e dava mais importância a adquirir produtos em atacado.

Com essas ações, o casal calcula que economizou US$ 300 mil (cerca de R$ 690 mil) em uma década só por não andar de carro e cerca de US$ 75 mil (R$ 172 mil) ao evitar comer em restaurantes.

Publicidade