Arábia Saudita anuncia investimento de R$10 bilhões no Brasil

O ministro das relações Exteriores, Ernesto Araújo, e o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, anunciaram nesta terça-feira, 29, que o Fundo Soberano da Arábia Saudita investirá 10 bilhões de reais no Brasil.

O acordo foi costurado durante a visita do presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, ao país árabe chefiado pelo príncipe herdeiro Mohammed bin Salman — acusado de ser o mandante do assassinato do jornalista Jamal Khashoggi, crítico ao seu regime.

Apesar cifra alta, não foi especificado onde e quando o dinheiro saudita seria aplicado. Segundo o Ministério das Relações Exteriores, o Fundo Soberano irá explorar as “potenciais oportunidades de investimentos mutuamente benéficos”.

Ver imagem no Twitter
O anúncio do acordo bilionário ocorre em meio à polêmica de um vídeo em que Bolsonaro se compara a um leão sendo atacado por hienas que representariam o STF, PSL, veículos imprensa e outras instituições. Mais cedo, o presidente brasileiro pediu desculpas pelo vídeo após a peça ter sido apagada de suas redes sociais.

A tour de Bolsonaro pela Ásia e Oriente Médio teve início no dia 19 de outubro. Desde então, o presidente passou pelo Japão, onde participou da cerimônia de entronização do novo imperador, China, Emirados Árabes Unidos, Qatar e finaliza a viagem na Arábia Saudita.

Além do acordo comercial, o Brasil e a Arábia Saudita assinarão em breve um acordo recíproco para a facilitação de emissão dos vistos diminuindo burocracia e custos.

Veja