Ariano Suassuna é homenageado pelo Galo da Madrugada - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Ariano Suassuna é homenageado pelo Galo da Madrugada

galo da madrugadaO dramaturgo paraibano, Ariano Suassuna, foi homenageado no maior bloco de arrasto do mundo, o ‘Galo da Madrugada’, que tomou as ruas do Recife, neste sábado (1). Um grande boneco do pessoense desfilou acompanhado de outros homenageados pelas ruas da Capital pernambucana.

As obras do escritor também serviram de inspiração para os foliões que foram curtir o desfile do bloco carnavalesco. A escriturária Ana Belo, o marido Mariano e a amiga Jocilene viraram livros famosos do escritor, “O Casamento Suspeitoso”, “O Auto da Compadecida” e “O Santo e a Porca”.

“Gostamos de chamar a atenção e virar uma atração no Galo, sempre fazemos fantasias pensando na homenagem do bloco”, explicou.

Homenageado pelo bloco, Ariano Suassuna circula pelo camarote do Galo  (foto: Diego Moraes / G1)

Presença mais aguardada na área VIP do bloco, o autor, de 86 anos, permaneceu por cerca de 20 minutos na passarela do camarote, sob o sol forte e os acordes frenéticos do frevo.

Acenando e mandando beijos aos foliões, Suassuna foi cumprimentado por todos os artistas que passavam nos trios ao lado da passarela, incluindo a Orquestra Perfil, a Banda PCR e o Palhaço Chocolate. Em alguns momentos, parecia prestes a ceder às lágrimas.

“É uma emoção muito grande para mim”, disse ao UOL logo depois de deixar a passarela. “Já fui homenageado no Carnaval do Rio, mas na há palavras para descrever o que é ser homenageado na minha terra na natal.” Durante a homenagem, Ariano foi cumprimentado e tirou foto ao lado d cantor Marcelo D2, ainda na passarela.

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, foi ao bloco acompanhado de Paulo Câmara, secretário da Fazenda, que teve a candidatura lançada pelo PSB ao governo de Pernambuco.

As camisas dos dois faziam referências aos projetos políticos que pretendem abraçar: o primeiro, usava um tecido estampado com bandeiras do Brasil. O segundo, vestia bandeiras de Pernambuco.

Pré-candidato a presidente vestiu camisa estampada com bandeiras do Brasil (Luka Santos / G1)