Ataques simultâneos deixam pelo menos 40 mortos no Congo - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Ataques simultâneos deixam pelo menos 40 mortos no Congo

congoDiversos tiros foram ouvidos nesta segunda-feira (30) em Lubumbashi, a segunda maior cidade da República Democrática do Congo. Depois do ataque à rede de TV pública e ao aeroporto nesta segunda-feira (30), os voos nacionais e internacionais foram suspensos no aeroporto de Khinshasa

 Três ataques simultâneos ocorreram nesta segunda-feira no Congo, colocando o país em estado de alerta.

Nesta segunda-feira em Kinshasa, dezenas de jovens fieis do pastor Joseph Mukungubila invadiram a sede da TV Nacional Congolesa e fizeram dezenas de reféns. A polícia reagiu e os confrontos deixaram mais de 40 mortos.

Ao mesmo tempo, foram ouvidos tiros no aeroporto internacional de Ndjili e em um quartel no campo militar Tshatishi, na capital.

Em Lubumbashi, onde está situada a casa do pastor Joseph Mukungubila, também foram ouvidos tiros.

“Por volta das 11h, ouvimos barulhos de balas. Ainda estamos verificando as informações, mas os tiros teriam ocorrido em torno da residência do pastor Mutombo”, disse o presidente da ONG de Direitos Humanos Justicia.

De acordo com ele, a situação atualmente é calma em Lubumbashi, capital da província de Katanga, no sudeste do país, onde se encontra o presidente Joseph Kabila.

O pastor Mutombo foi candidato às eleições presidenciais de 2006 e concorreu com Kabila. Em uma carta aberta datada, enviada no dia 5 de dezembro, o pastor denunciou a gestão do país e proferiu um discurso contundente contra Ruanda.

O presidente da ONG Justicia declarou que um reforço militar foi enviado nesta tarde a Lubumbashi, onde os militares cercaram a sede da TV pública.
Noticiário Internacional