João Pessoa 12/12/2018

Início » Notícias » Atleta do DF que ameaçou opositores de Bolsonaro é suspenso

Atleta do DF que ameaçou opositores de Bolsonaro é suspenso

Diretoria do time de futebol americano Tubarões do Cerrado afirma que a posição do atleta não representa os valores do time

A equipe de futebol americano Tubarões do Cerrado suspendeu o atleta Fellipe Florêncio dos jogos do time durante esta temporada. O clube está nos playoffs da competição nacional. A decisão foi tomada um dias após a diretoria da equipe tomar conhecimento de um vídeo em que o jogador ameaça opositores depois da vitória do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno.

Em nota, a equipe afirmou que “tanto a posição e pensamento do atleta quanto a forma que foram expostos de maneira nenhuma representam os valores da instituição Tubarões do Cerrado”.
No vídeo, o atleta aparece com uma arma na mão e diz que “um aviso para os desavisados: é Jair Bolsonaro presidente. Já descarregamos o pente aqui, porque agora tá tudo certo. Não tem mais volta. ‘Feminazi’, pessoal que falou que ia sair do Brasil se o Jair Bolsonaro ganhasse, já pode sair. Tchau, vai embora. Não vai fazer falta. Agora… vagabundo, prepara. A gente vai atrás de vocês. Não vai dar, não. Se manda”.
Publicitário, Fellipe ganhou fama na capital em 2014 como sósia do atacante Hulk — que, à época, disputava a Copa do Mundo pela Seleção Brasileira de futebol. O rapaz, que nasceu em Uberlândia (MG) e cresceu em Brasília, também chegou a participar do concurso Mister DF, mas acabou eliminado por já ter participado de um ensaio sensual, o que era contra as regras do concurso.
Correio Braziliense