Atlético-MG bate o Coritiba fora de casa e seca o Corinthians

Atlético-MG bate o Coritiba fora de casa e seca o Corinthians

galo venceAtlético-MG venceu e convenceu neste sábado (Divulgação/ CFC)

O Atlético Mineiro conquistou uma vitória importante em sua perseguição ao líder do Campeonato Brasileiro, o Corinthians, ao vencer fora de casa o Coritiba, por 2 a 0, no Estádio Couto Pereira. Com o resultado, a equipe mineira chegou aos 56 pontos, quatro atrás do Timão, que ainda jogará na rodada. Já o Coxa volta a se preocupar com a zona de rebaixamento, já que estacionou em 33 pontos e pode ser ultrapassado por três equipes.

Depois de uma primeira etapa bastante equilibrada, com grande atuação dos goleiros, o Galo abriu o placar aos 41 minutos, em jogada de Lucas Pratto que desviou na defesa e enganou Wilson, entrando para as redes. No segundo tempo, aos 20 minutos, Giovanni Augusto recebeu atrás da defesa para tocar para o gol e ampliar. Pratto fechou a contagem, em cobrança de pênalti, aos 39 minutos.

Na próxima rodada, o Coritiba enfrente o Joinville, quarta-feira, na Arena Joinville, em Santa Catarina. Já o Atlético Mineiro terá pela frente o Internacional, no mesmo dia, no Independência, em Belo Horizonte.

O jogo – A partida começou bastante movimentada no Alto da Glória e, logo no primeiro minuto, Giovanni Augusto roubou a bola no meio-campo, lançou Pratto, mas o arremate do atacante bateu na rede pelo lado de fora. Apesar do primeiro ataque do Galo, as ações eram totalmente equilibradas. Aos 11 minutos, Negueba recebeu na cara do gol, chutou em cima de Victor e, no rebote, Marcos Aurélio chutou em cima de Henrique Almeida, que tirou o gol e ainda estava em impedimento.

O goleiro Wilson estava em um começo de noite inspirado e salvou em suas oportunidades. Na primeira delas, aos 19 minutos, Lucas Pratto invadiu a área, chutou rasteiro e o goleiro fez grande intervenção. Aos 22, a zaga coxa-branca cochilou, Marcos Rocha chutou forte e Wilson se esticou para realizar a defesa. O jogo era disputado, mas o Coritiba errava mais e proporcionava as melhores chances para o Atlético.

Pelo lado mineiro, Victor também dava seu show a parte. Aos 29 minutos, Juan lançou Henrique Almeida, que apareceu por trás da defesa e soltou o pé para grande defesa. O goleiro alvinegro salvou mais uma aos 39 minutos, em um petardo de Lúcio Flávio. A resposta, entretanto, foi fatal. Aos 41 minutos, Pratto fez a jogada de cruzou, Thiago Ribeiro atrapalhou a marcação e a bola bateu na defesa, matando Wilson e entrando para o fundo das redes.

Depois do intervalo, o Coritiba retornou com Thiago Galhardo no lugar de Marcos Aurélio. Com a bola rolando, mais uma vez o Galo começou pressionado. Aos dois minutos, Giovanni Augusto cruzou e Lucas Pratto não conseguiu alcançar. Tentando penetrar na defesa mineira pela lateral, Thiago Galhardo chegou duas vezes aos oito minutos, mas Leandro Donizete apareceu para afastar o perigo da área

O Coritiba precisava empatar, mas não fazia um bom segundo tempo, especialmente no setor defensivo. Aos 17 minutos, a defesa alviverde cochilou mais uma vez, Pratto cruzou, mas a bola passou na frente de todo mundo, sem ninguém desviar. Porém, aos 20, Giovanni Augusto recebeu de Pratto nas costas da zaga e tocou na saída do goleiro para marcar o segundo, ampliando a vantagem no placar.

A equipe da casa ainda tentava alguma coisa, mas não se acertava em campo. Aos 30 minutos, Henrique Almeida foi lançado, deixou o goleiro para trás, mas perdeu o ângulo e a chance de descontar. Aos 37 minutos, Pratto invadiu a área e foi derrubado por Wilson. Pênalti marcado. Na cobrança, Lucas Pratto fez o terceiro para fechar a contagem em pleno Alto da Glória, onde não vencia desde 2006.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 0 X 3 ATLÉTICO-MG

Local: estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 03 de outubro de 2015, sábado
Público: 14.469 pagantes
Renda: R$ 246.465,00
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (Fifa-RJ)
Assistentes: Alessandro A. Rocha de Matos (Fifa-BA) e Cleriston Clay Barreto Rios (Fifa-SE)
Cartões amarelos: Wilson (Coritiba); Luan e Carlos (Atlético-MG)

Gols
ATLÉTICO-MG: Leandro Silva (contra), aos 41 minutos do primeiro tempo; Giovanni Augusto, aos 20 minutos e Lucas Pratto, aos 39 minutos do segundo tempo

CORITIBA: Wilson, Leandro Silva, Walisson Maia, Rafael Marques, Carlinhos, João Paulo, Lucio Flavio (Paulinho), Juan e Marco Aurélio (Thiago Galhardo); Negueba (Evandro) e Henrique Almeida
Técnico: Ney Franco

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Rafael Carioca, Leandro Donizete, Luan (Carlos), Giovanni Augusto e Thiago Ribeiro (Cárdenas); Pratto (Josué)
Técnico: Levir Culpi

Fox Sports