libertadores

Atlético Nacional é campeão da Libertadores

libertadores_afpGol do título foi marcado logo aos 9 minutos de jogo por Miguel Borja

O Atlético Nacional sagrou-se campeão da Copa Libertadores pela segunda vez da sua história ao derrotar o Independente Del Valle por 1 a 0, nesta quarta-feira, em Medellín, depois do empate em 1 a 1 da partida de ida, no Equador.

O gol do título foi marcado logo aos 9 minutos de jogo por Miguel Borja, carrasco de São Paulo nas semifinais.

O atacante de 23 anos já tinha anotado os quatro gols que eliminaram o tricolor paulista, nas vitórias por 2 a 0 no Morumbi e 2 a 1 na Colômbia.

Os anfitriões dominaram a partida de ponta a ponta, mas perderam um caminhão de gols e ficaram sob ameaça do empate equatoriano até o fim.

Desta vez, porém, conseguiram segurar o resultado, ao contrário da semana passada, quando sofreram um gol a três minutos do fim.

Este foi o terceiro colombiano na competição, depois do primeiro conquistado pelo próprio Atlético Nacional, em 1989, e do Once Caldas, que levantou o troféu em 2004.

Há 27 anos, porém, a conquista dos ‘Verdolagas’ tinha sido manchada pela influência do narcotraficante Pablo Escobar, suspeitas de ameaças e corrupção de árbitros.

Neste ano, o título do time de Medellín foi incontestável. Os comandados de Reinaldo Rueda impressionaram com o jogo ofensivo de toque de bola refinado, revelando vários jovens talentos cobiçados por grandes clubes europeus.

Em dezembro, o Atlético Nacional terá a honra de disputar o Mundial de clubes, com times como o Real Madrid, vencedor da Liga dos Campeões, mas resta saber se vai conseguir segurar suas joias até o fim do ano.

Folha de Pernambuco