Áudio do rádio da PM revela drama após sargento ser baleado

Sargento-baleado-1-310x245Um áudio gravado do rádio da Polícia Militar  narra momentos dramáticos após sargento ser ferido por assaltantes, na noite do sábado (2),  em João Pessoa. Na gravação,  o cabo Sousa pede socorro ao  sargento Sandro,  atingido no braço e no rosto.

Desesperado,  o policial conta que ainda tentou  colocar o colega na viatura, mas não conseguiu devido o peso do companheiro de patrulhamento.

Audio Player.

Em um outro áudio, feito por ele mesmo através do WhatsApp, cabo Sousa contou detalhes da ação que ceifou a vida do sargento Sandro.

Bastante abalado com o que aconteceu, cabo Sousa disse que estava apenas ele e Sandro na viatura quando se depararam com os acusados do assalto e do disparo que ceifou a vida do policial.

De acordo com cabo Sousa, foi “foi tudo muito rápido” e o primeiro disparos dos acusados, de espingarda calibre 12, acabou atingido o PM.

“Mesmo assim eu ainda conseguir alvejar os dois meliantes, mas um dos primeiros tiros pegou no sargento. Quando ele caiu descarreguei um pente de .40 e os cara saíram correndo”, disse cabo Sousa.

“Os caras chegaram rápido, mas nessa situação foram os  dois minutos mais longos de nossa vidas”.

Sandro foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena com ferimento na face e no braço. Durante a madrugada deste domingo (3) ele teve uma parada cardiorespiratória e veio a óbito.

O policial militar está sendo velado no bairro de Brasília, em Bayeux, na Grande João Pessoa. O enterro será nesta segunda-feira (3), no cemitério da cidade.

Roberto Targino – MaisPB