AVC é uma doença silenciosa, mas pode ser prevenido, diz neurologista

cerebroO Acidente Vascular Cerebral é responsável por seis milhões de mortes por ano, segundo a Organização Mundial da Doença. É uma das principais causas de internação e óbitos no Brasil. Na França é a terceira causa de mortes e a principal causadora de invalidez. Mas prevenção, hábitos saudáveis e socorro rápido são chaves para aumentar as chances de recuperação.

A lesão provocada por falta de sangue, consequência de um coágulo, é chamado de AVC isquêmico. Já quando há sangramento, é um AVC hemorrágico. Adriana Conforto, neurologista, chefe do grupo de doenças cardiovasculares do Hospital das Clínicas da USP, fala sobre os fatores de risco que podem levar a um AVC. Além disso, nossa colega de redação Adriana de Freitas conta como foi sua experiência com um AVC aos 33 anos.

 

RFI