Avião russo cai com 224 passageiros

Avião russo cai com 224 passageiros

avião russoAs autoridades aeroportuárias da Rússia informaram neste sábado que um avião com 224 passageiros russos, entre eles 17 crianças e sete tripulantes, a bordo desapareceu dos radares próximo do Chipre, após decolar do Egito. O avião, um Airbus-321 da companhia KogalimAvia, perdeu contato com os radares no início da manhã, 23 minutos após a decolagem, quando sobrevoava a cidade de Larnakia, segundo relatou um porta-voz de Rosaviatsia, a agência estatal de aviação civil russa. Cem corpos já foram encontrados. A imprensa russa noticiou que não há sobreviventes.

As primeiras informações dão conta de que o piloto do voo 9268 chegou a usar o rádio para pedir à torre de controle o pouso de emergência no Cairo e teria reportado ainda problemas técnicos.O avião decolou às 3h51 (1h51 de Brasília) da cidade turística egípcia de Sharm el-Sheikh, o destino favorito dos turistas russos. Sumiu às 4h14. Aterrissaria no aeroporto Pulkovo, da cidade de São Petersburgo depois de meio-dia. Segundo a agência de notícias estatal russa “RIA Novosti”, os tripulantes se queixavam há várias semanas de problemas nos motores da aeronave, em serviço há mais de 18 anos.

O avião perdeu altura de maneira brusca pouco depois de levantar voo e caiu a uma velocidade de 1.800 metros por minutos. O presidente da Rússia, Vladimir Putin, ordenou o envio de um avião de emergência para colaborar com os trabalhos de resgate. Há 50 ambulâncias a caminho do local da queda que, por ser montanhosa, é de difícil acesso. Para agravar a situação, a área do acidente pode ser terreno controlado pelo grupo terrorista Estado Islâmico.

(Com agência EFE)