Com banacada divida, Manoel JR busca apoio para Eduardo Cunha

Bancada paraibana pode estar dividida na Câmara dos Deputados e parlamentar busca apoio

manoel jr federalA bancada paraibana na Câmara dos Deputados, constituída por 12 parlamentares, pode estar dividida no que diz respeito a eleição da Mesa Diretora da Casa. Alguns dos deputados já manifestaram publicamente o apoio a reeleição de Eduardo Cunha (PMDB-RJ. No entanto, outros preferem não se expor, mas podem votar em Arlindo Chinaglia (PT-SP), que é o candidato da presidente Dilma Rousseff (PT).

Tentando alcançar a condição de líder do PMDB na Câmara dos Deputados o deputado federal Manoel Junior (PMDB-PB) decidiu intensificar o apoio a candidatura do deputado Eduardo Cunha a presidente da Casa. Manoel Junior é um dos coordenadores da campanha de Cunha, mesmo a contrariando a presidente Dilma. Porém um nome vem ganhando força segundo a mídia nacional. Trata-se do deputado Danilo Forte que trabalha nos bastidores para conquistar a liderança do PMDB na Câmara dos Deputados.

Além dele, tentam a vaga os peemedebistas Leonardo Picciani (RJ), Lúcio Vieira Lima (BA), Manoel Júnior (PB) e Marcelo Castro (PI). Manoel Júnior já teria conquistado além do seu voto o apoio de três dos 12 deputados paraibanos. Devem votar no peemedebista, Wellington Roberto (PR), Hugo Motta (PMDB) e Benjamim Maranhão (SDD).

Os deputados Veneziano Vital do Rêgo (PMDB-PB), Efraim Filho (DEM) e Wilson Filho (PTB-PB) já teriam contabilizado apoio a Cunha, mais sem intervenção de Manoel Júnior. A posição dos deputados Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), Rômulo Gouveia (PSD-PB). Luiz Couto (PT-PB) e Damião Feliciano (PDT-PB) ainda não foi revelada, mas alguns desses, tendem a votar na chapa de Arlindo Chinaglia (PT-SP).

Atual líder do PMDB, Eduardo Cunha está quase integralmente mergulhado em sua campanha para a presidência da Câmara. Quase, porque mantém alguma atenção na disputa interna que se avizinha por sua cadeira.

Por isso mesmo, pediu aos atuais pré-candidatos a líder que não façam campanha neste momento. São eles: Danilo Forte (CE), Leonardo Picciani (RJ), Lúcio Vieira Lima (BA), Manoel Júnior (PB) e Marcelo Castro (PI).

Severino Lopes

PBAgora