Bandeira amarela vai vigorar nas contas de luz em julho

Bandeira amarela vai vigorar nas contas de luz em julho

Próximo mês terá a cobrança adicional de R$ 1,50 a cada 100 quilowatts-hora consumidos

As contas de luz voltam a ter taxa extra das bandeiras tarifárias no mês de julho, após a Agência Nacional de Energia Elétrica anunciar a bandeira amarela. O próximo mês terá a cobrança adicional de R$ 1,50 a cada 100 quilowatts-hora consumidos.

Ao longo do mês de junho, vigorou a bandeira verde. Nesta cor, não há cobrança complementar. O sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo de geração de energia.

O objetivo é informar aos consumidores quando esse valor é elevado a fim de permitir que reduzam o uso evitando pagar uma conta de energia mais cara.

A justificativa da Aneel para a mudança na cor da bandeira, e retomada da cobrança da taxa extra, é que as previsões são de chuvas abaixo da média na região onde estão as principais hidrelétricas do país, em julho, mês que já é tipicamente mais seco.

Os valores das taxas das bandeiras tarifárias foram reajustados no dia 1º de junho.

A amarela passou de R$ 1,00 para R$ 1,50 a cada 100 quilowatts consumidos; a vermelha patamar 1 saltou de R$ 3,00 para R$ 4,00; já a vermelha patamar 2 subiu de R$ 5,00 para R$ 6,00.

*Com informações do repórter Daniel Lian

  • Jovem Pan