Barbosa critica ministros que não assinaram mandado de prisão de Cunha - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Barbosa critica ministros que não assinaram mandado de prisão de Cunha

#Sessão do STF julga os recursos dos 25 condenados na Ação Penal 470O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, criticou, nesta quarta-feira (22/1), os ministros que o substituíram no cargo por não terem assinado o mandado de prisão do deputado João Paulo Cunha (PT-SP). Barbosa está em férias em Paris.

“Se eu estivesse como substituto jamais hesitaria em tomar essa decisão”, afirmou Barbosa. Cármen Lúcia assumiu o comando interino do STF em 7 de janeiro e depois a função passou a ser de Ricardo Lewandowski, em 20 de janeiro.

Barbosa ainda falou sobre a responsabilidade de comandar a instituição. “O presidente do STF responde pelo tribunal no período em que estiver lá, à frente. Responde sobretudo a questões urgentes. Se é urgente ou não é avaliação que cada um faz”.

Correio Braziliense