Bayern perde Boateng expulso no começo e acaba atropelado pelo Eintracht Frankfurt

O Bayern de Munique teve Jerome Boateng expulso ainda no começo do jogo e sucumbiu em Frankfurt. O Eintracht, com uma grande atuação do sérvio Filip Kostic, conseguiu uma goleada por 5 a 1 diante de seus torcedores.  Os bávaros perdem a vice-liderança da Bundesliga para o Borussia Dortmund e, com 18 pontos, deixam a equipe de Frankfurt encostar, com um a menos.

A liderança continua com o Borussia Monchengladbach, que venceu o Bayer Leverkusen e abriu quatro pontos para o time de Munique.  Expulsão de Boateng compromete O Bayern foi para cima e assustou logo no primeiro minuto em chute cruzado de Gnabry que saiu por pouco.

Kostic respondeu para o Eintracht Frankfurt com um chute forte de canhota que também não encontrou a direção esperada.  O jogo seguiu lá e cá até que, aos sete minutos, Gonçalo Paciência avançou em velocidade e, na entrada da área, tentou driblar Boateng. O zagueiro o derrubou e o árbitro marcou a falta. O apitador foi ao vídeo confirmar que o lance foi, de fato, fora da área, mas optou, também, por expulsar Boateng.

A cobrança da falta pegou na barreira e, na sobra, Paciência mandou chute na direção do gol, mas Neuer defendeu.  O embate, que já iniciou aberto, ficou ainda mais depois da expulsão. Aos 24 minutos, os donos da casa chegaram ao gol. Kostic ficou com sobra de chute de Sow que pegou na zaga e, com um chute cruzado, mandou a bola para a rede.

O Frankfurt não tirou o pé e fez o segundo com pouco mais de meia hora de jogo. Kostic recebeu de Paciência na área e bateu cruzado, a bola desviou em Kimmich e acabou sobrando para Sow, de canhota, mandar para dentro.  Depois de Kimmich ter gol anulado, Lewandowski, com um giro impressionante que deixou para trás três zagueiros, descontou com um golaço e manteve os bávaros vivos no jogo. Nada resolvido e um segundo tempo que também prometia emoções.

Atropelo em Frankfurt  Logo na volta do intervalo, os donos da casa voltaram a abrir dois gols de vantagem. Danny da Costa cruzou da direita e David Abraham apareceu na segunda trave para empurrar para dentro. A pressão aumentava para o Bayern, e Coutinho deixou o campo para a entrada de Coman.

Enquanto os bávaros tentavam pressionar, os donos da casa buscavam matar o jogo em contragolpes. Aos 15 minutos, Bas Dost mandou chute forte na área e Manuel Neuer fez uma defesa incrível. Mas, depois da cobrança de escanteio de Kostic, o goleiro não conseguiu segurar a cabeçada de Hinteregger: 4 a 1.

Em uma atuação de gala, Kostic quase marcou o quinto pouco depois. O sérvio recebeu na canhota da área, se livrou como quis do marcador e arrematou, mas Neuer amorteceu a bola e Davies evitou que ela entrasse. Kostic voltou a tentar pouco depois, mas Neuer fez outra defesaça.

O quinto gol foi uma questão de tempo. Com o rival de pneus arreados, a dupla portuguesa do Eintracht colocou mais um na conta: André Silva fez a jogada, Paciência, o gol. 5 a 1 e um atropelo na Commerzbank Arena.

O Gol