BC bloqueia R$ 8,2 milhões nas contas de Temer

O Banco Central (BC) informou ao juiz Marcelo Bretas ter bloqueado R$ 8,2 milhões da conta bancária do ex-presidente Michel Temer e R$ 1 milhão da conta pessoal do coronel João Baptista Lima, considerado como operador financeiro do político.

Ambos foram presos no âmbito da Operação Lava-Jato na quarta-feira passada, mas foram liberados por decisão do Tribunal Federal Regional da 2ª Região (TRF-2), que concedeu habeas corpus aos investigados nesta segunda-feira.

O ex-presidente Michel Temer na sede da Polícia Federal no Rio de Janeiro.

O BC também bloqueou R$ 21,6 milhões de uma das contas bancárias da empresa PDA, ligada a coronel Lima. Além disso, Argeplan, outra empresa do militar, teve R$ 452 mil bloqueados.O juiz federal Marcelo Bretas, ainda na semana passada, determinou o bloqueio de R$ 62 milhões nas contas de Temer e de coronel Lima. A decisão de bloqueio de bens ocorreu um dia após a prisão.

No caso de Temer, foram localizadas cinco contas bancárias vinculadas ao seu CPF, mas somente uma tinha valores altos que foram bloqueados: R$ 8.234.231,17. Outras duas tinham R$ 4.905,31 e R$ 799,08 e duas estavam zeradas.

Sputnik