Bestialismo contra cabra gera caçada a criminosos na Índia

Foto ilustrativa de uma cabra em Tabley, norte da Inglaterra, em 19 de junho de 2018 – AFP

A polícia indiana anunciou nesta terça-feira que busca ativamente um grupo de homens acusados de ter agredido sexualmente uma cabra que estava grávida e que morreu depois do estupro.

Os oito suspeitosos são acusados de transgredir uma lei que proíbe “relações sexuais com animais”, a mesma que proíbe as relações homossexuais.

Os foragidos também são acusados de crueldade com os animais.

Os suspeitos são procurados no estado de Haryana, a 100 km de Nova Délhi.

“Identificamos três dos oito suspeitos que a polícia está perseguindo para que sejam presos o mais rápido possível”, declarou à AFP o porta-voz da polícia local Naazneen Bhasin.

O caso foi revelado na semana passada quando o proprietário da cabra surpreendeu três homens cometendo o crime contra o animal no meio da noite.

Um veterinário recolheu amostras do animal para determinar as causas de sua morte.

Istoé