Boa fase no São Paulo faz Corinthians 'inflacionar' preço para venda de Alexandre Pato

Boa fase no São Paulo faz Corinthians ‘inflacionar’ preço para venda de Alexandre Pato

pato-capitc3a3oO bom desempenho fez Pato até mesmo cumprir o sonho de ser capitão no São Paulo (Foto: Divulgação).

Sem clima para ter Alexandre Pato no elenco em 2014, o Corinthians acertou o empréstimo do atacante ao São Paulo (que, como contrapartida, cedeu o meia Jadson), na esperança de vendê-lo e recuperar parte do investimento de cerca de R$ 40 milhões, feito por volta de um ano antes. Até o momento, o Timão não recebeu ofertas no valor que considerava aceitável, de € 10 milhões (perto dos R$ 43,6 milhões), mas agora a venda deve ficar ainda mais difícil.

Veja mais: Saiba como assistir aos canais Esporte Interativo, incluindo todos os jogos das Séries C e D do Brasileirão ao vivo e em HD, no seu computador, celular ou tablet clicando aqui

Isso porque, conforme divulgou o portal “Globoesporte”, o Alvinegro quer se aproveitar do bom futebol de Pato no rival do Morumbi para não só evitar ter prejuízo com o negócio, mas também obter um polpudo lucro com a venda. A nova pedida do Corinthians é de € 25 milhões (R$ 109 milhões, na cotação atual), já que teria direito somente a 60% do montante (equivalente ao percentual de direitos econômicos que detém do atacante).

A nova postura da diretoria corintiana, confirmada pelo diretor adjunto de futebol, Eduardo Ferreira, inclui até mesmo deixar as diferenças de lado com Pato e, no caso de não conseguir vendê-lo, promover sua reintegração na próxima temporada, após o final do vínculo com o Tricolor. “No momento são só sondagens. Mas se vier algum clube com € 25 milhões, vamos liberar. Caso contrário, ele se reapresentará no CT (em 2016)”, projetou o dirigente.

O Timão também tenta convencer Pato a ajudar em uma possível negociação para retornar ao futebol europeu, onde já atuou pelo Milan-ITA entre 2007 e 2012. Uma prova da reaproximação entre as partes seria a foto de um jantar, amplamente reproduzida nas redes sociais na última segunda-feira (12), envolvendo o atacante, seu empresário Guiliano Bertolucci, o superintendente de futebol do Corinthians, Andrés Sanchez, além do iraniano Kia Joorabchian (ex-MSI, empresa pela qual trabalhou no clube do Parque São Jorge), que tem bom trânsito no futebol inglês.

Esporte Interativo