Bolsa Família gera 807 mil empregos por ano na região Nordeste

BOLSA FAMIAAs transferências do Programa Bolsa Família foram responsáveis pela criação e manutenção anual de 807 mil empregos e ocupações na Região Nordeste.

Estes e outros números foram abordados em Fortaleza, durante o debate “Bolsa Família, Desenvolvimento Regional e Superação da Pobreza”, que integra ciclo de debates em homenagem aos 10 anos do programa do Governo Federal.

“É patente a importância do Bolsa Família pelos seus relevantes resultados na área social, considerando que o público-alvo do programa estava marginalizado em suas necessidades básicas, principalmente quanto à questão de acesso a alimentação e produtos de primeira necessidade”, disse o coordenador de Estudos e Pesquisas do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), Francisco Diniz Bezerra.

Os debates também contaram com a participação de representantes do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), universidades, institutos de pesquisa, mídia e representantes dos governos locais.

Segundo Diniz, os investimentos do Bolsa Família no Nordeste também geram impactos na produção, na geração de emprego e renda e aumento da arrecadação tributária nas outras regiões do país.

“Os beneficiários tendem a consumir bens produzidos nacionalmente, ajudando a fortalecer o setor produtivo do país, estimulando o mercado interno e criando um mercado consumidor de massas”, explica.

Fonte: Blog do Planalto