João Pessoa 17/12/2018

Início » Notícias » Bolsonaro confirma fusão do Ministério do Trabalho e ressalta que ‘não é menosprezo’

Bolsonaro confirma fusão do Ministério do Trabalho e ressalta que ‘não é menosprezo’

Presidente eleito disse que pasta vai continuar com status de ministério, não vai ser secretaria

Em uma breve entrevista na tarde desta terça-feira (13) em Brasília, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) confirmou que pretende fundir o Ministério do Trabalho com outra pasta. Ele não revelou, no entanto, qual pasta será essa e nem qual é o nome cotado para assumi-la.

“Não sei qual vai ser. O Onyx [Lorenzoni] está fazendo um estudo final. Temos tempo para definir. Ninguém está menosprezando o Trabalho, ele apenas está sendo absolvido por outra pasta. Indústria e Comércio já será subordinada ao Paulo Guedes, botar mais um para ele talvez fique pesado. Não sei. Mas vai continuar com status de ministério, não vai ser secretaria”, disse.

Ao explicar como a fusão será feita, o presidente eleito citou mais uma vez o Ministério de Indústria e Comércio. “Vai ser desse jeito. ‘Ministério disso e disso’. Tudo junto”, pontuou. “A ordem dos fatores não altera o produto”, brincou em seguida.

Participação no G20

Embora tenha sido convidado pelo atual presidente Michel Temer (MDB) para acompanhá-lo em algumas viagens internacionais marcadas até o fim do ano (inclusive para a reunião de cúpula do G20 que acontece no final de novembro na Argentina), Bolsonaro contou que não pretende aceitar esses convites. “A princípio não vou. Ainda estou com problemas de saúde, devo evitar viagens longas. Talvez não vá no G-20”, comentou.

Jovem Pan