Bordel na Áustria oferece sexo grátis em protesto contra impostos

cabaré protesta contra impostoEm protesto contra o valor dos impostos cobrados pelo governo, um bordel em Salzburgo, na Áustria, está oferecendo programas grátis com as funcionárias do local. O dono do bordel Pascha, que também tem filiais na Alemanha e em outras cidades da Áustria, disse considerar a tributação de quase 4 milhões de euros – R$ 14 milhões de reais – injusta.

Bordel na Áustria oferece sexo grátis em protesto contra impostos
(Foto: Reprodução/Pascha)

O valor vem sendo cobrado há 10 anos. Além de assegurar o sexo grátis entre os clientes e as prostitutas do Pascha, o bordel também está oferecendo bebidas gratuitas.

O empresário Hermann Müller, que dirige o local, disse que a promoção não vai prejudicar as garotas de programas, que serão compensadas com o valor que normalmente ganhariam com os clientes. A prostituição é considerada uma profissão legal e regulamentada na Áustria.

Segundo o dono da rede de bordéis, a cobrança de quase 4 milhões de euros em impostos é “injusta”
(Foto: Reprodução/Pascha)

Publicidade