Botafogo empata com a Chapecoense e perde chance de encostar no G6

Botafogo empata com a Chapecoense e perde chance de encostar no G6

O Botafogo teve uma atuação decepcionante contra a Chapecoense. Para um time que só tinha empatado uma vez em 15 jogos no Brasileirão, sair de campo com um 0 a 0, nesta segunda-feira, foi um mau negócio.

Um dos motivos é que o adversário está na zona de rebaixamento e não costuma ir bem fora de casa. Outro ponto é que o Botafogo desperdiçou uma chance valiosa de reduzir a distância para o G6, em uma rodada na qual — entre os que estão na metade de cima da tabela — só o Flamengo comemorou.

No Nilton Santos, viu-se um Botafogo que renunciou aos princípios implantados por Eduardo Barroca no início da competição. O alvinegro tratou muito mal a bola. Não que tenha perdido em posse de bola, mas foi um controle pouco produtivo.

Os passes laterais irritaram o treinador. Ao mesmo tempo, foram muitas bolas longas, devido à distância entre os homens de meio-campo — Bochecha, Alex Santana e João Paulo.

O primeiro tempo foi muito pobre. O jogo ganhou mais alternativas na etapa final, já que ambos os times mostraram mais coragem.

As duas melhores chances do Botafogo foram com Alex Santana e Diego Souza. Enquanto o camisa 10 acertou a trave em uma cabeçada, o atacante ficou cara a cara com o goleiro Tiepo, até conseguiu finalizar, mas não com a força suficiente para impedir que o zagueiro Gum mergulhasse e afastasse a bola quase em cima da linha.

— Não conseguimos fazer um jogo bom. Não criamos situações. Queríamos ganhar em casa — ponderou o goleiro Gatito Fernández.

Extra