Botafogo volta a mostrar deficiências defensivas e acaba derrotado pelo Nacional

Botafogo volta a mostrar deficiências defensivas e acaba derrotado pelo Nacional

Botafogo foi derrotado pelo Nacional do Paraguai – AFP

Paraguai – Com atuação pouco inspirada, o Botafogo errou muito na defesa e perdeu por 2 a 1 para o Nacional, no Defensores del Chaco. Com isso, terá de apresentar futebol muito melhor no jogo de volta, dia 16, no Nilton Santos, se quiser ir às oitavas de final da Copa Sul-Americana e, claro, vencer por 1 a 0 ou dois gols de diferença se sofrer um. O resultado custou a permanência de Marcos Paquetá no comando do clube carioca.

Tão decepcionante quanto o pífio público foi a atuação do Botafogo no começo do jogo. Nervoso, errando passes e muito desatento, o Alvinegro deu espaço para o Nacional que, mesmo sem forçar, fez 1 a 0, aos 9 minutos, em bela bicicleta de Santacruz. Atrás no placar, o Botafogo foi à frente e Valencia, aos 12, chutou rente à trave. A jogada serviu para acalmar os ânimos dos comandados de Marcos Paquetá.

O segundo tempo começou na mesma toada do primeiro. A 1 minuto, Clarke chutou rente ao travessão. Aos 6, Matheus Fernandes errou e Vieyra, de fora da área, chutou no canto de Saulo para fazer Nacional 2 a 1. Desta vez, porém, o Alvinegro não acordou após sofrer o gol.

Melhor para o fraco time paraguaio, que, mesmo sem atuar bem, quase ampliou aos 26, em chute de Franco que Saulo fez difícil defesa o evitou o gol. Ele só não evitou a derrota, já que seus companheiros, atônitos, pouco criaram para conseguir ao menos um empate. Brenner, aos 49, ainda chutou em cima de Paniagua com o goleiro Rojas batido.

O Dia