Brasil disputa prêmio de curta em festival de animação de Annecy, na França

cultura 1O premiado “Guida”, de Rosana Urbes, disputa neste ano o prêmio de curta-metragem na 39ª edição do Festival Internacional do Filme de Animação em Annecy, na França, que acontece de 15 a 20 de junho. No ano passado, o vencedor na categoria longa-metragem foi o brasileiro Alê Abreu, com “O Menino e o Mundo”. A mulher na animação também será tema em destaque.

 “Guida” conta a história de uma senhora, arquivista há 30 anos, com uma vida rotineira. Um anúncio de jornal à procura de modelos vivos para posar transforma seu cotidiano. Sem efeitos espalhafatosos, o curta foi feito com a tradicional técnica em 2D, que combina com a personagem, que insiste em provar que idade não é documento.

Na abertura, a atriz Salma Hayek apresenta “O Profeta”, animação de Roger Allers, que ela produziu e que conta a história de uma menina muda e um prisioneiro político.

Cores positivas

Quatro dos oito longas em competição são franceses. Segundo Patrick Eveno, diretor do festival, a programação deste ano “está menos séria e menos sombria, com filmes mais coloridos e com mensagens mais positivas”. Ele acrescenta que nos últimos sete anos, a presença de mulheres vem aumentando e que isso “alimenta o mundo profissional da animação”.

Quem estiver em Annecy poderá descobrir, em pré-estreia, “Avril et le monde truqué”, de Christian Desmares e Franck Ekinci, adaptado da obra de Jacques Tardi, com vozes de Marion Cotillard e Jean Rochefort.

Outra sessão aguardada é a de “Adama”, história de um menino que deixa a África para encontrar o irmão numa Europa arrasada pela Segunda Guerra Mundial. O autor é Simon Rouby, que teve a colaboração do rapper Oxmo Puccino na dublagem.

Animação feminina

A cineasta francesa Florence Miailhe vai receber um Cristal de Honra, pelo seu trabalho de “pintura animada”. A programação também vai contar com projeções dedicadas a pioneiras da animação, como Lotte Reiniger, Mary Blair e Alison de Vere.

Paralelamente, a cidade de Annecy hospeda também o maior mercado mundial dedicado ao gênero, e que completa 70 anos. Delegações de cerca de 70 países estarão presentes.

Noticiário Internacional