Brasil sofre, mas vence na estreia do Pré-Olímpico de vôlei

Brasil sofre, mas vence na estreia do Pré-Olímpico de vôlei

O Brasil largou com vitória no Torneio Pré-Olímpico de vôlei masculino, que define as primeiras equipes classificadas para os Jogos de Tóquio-2020. Apesar do placar de 3 sets a 0 contra Porto Rico, com parciais de 25/23, 25/19 e 25/19, o confronto desta sexta-feira (9) colocou o time brasileiro sob pressão. No primeiro set, inclusive, os adversários lideraram o placar em diversos momentos e chegaram a abrir 22/20 na reta final da parcial. Pesou, no entanto, a maior experiência do elenco nacional, que conseguiu se recuperar, fazer um segundo set de ritmo intenso e, mesmo com um terceiro set equilibrado, garantir a vitória na estreia.

Na partida contra Porto Rico, o maior pontuador foi o ponteiro Lucarelli, com 14 acertos. O campeão olímpico pontuou em todos os fundamentos, sendo nove de ataque, quatro de bloqueio e um de saque. “Todos os times do mundo atualmente sabem jogar voleibol e sabemos que, quem não entrar esperto em quadra, vai sofrer. Mas, o mais importante é que o nosso grupo soube reagir depois de uma certa tensão no primeiro set. A partir do segundo o saque foi entrando e isso facilitou para o nosso lado. Sabemos que precisamos melhorar em alguns pontos, mas saímos felizes com a primeira vitória”, analisou Lucarelli.

O Brasil joga o Pré-Olímpico pelo Grupo A, que tem sede em Varna, na Bulgária. Neste sábado (10), os comandados do técnico Renan Dal Zotto enfrentam o Egito, a partir das 11h e, no domingo (11), encerram o evento contra os donos da casa. O confronto contra os búlgaros, teoricamente, deve ser o que decidirá quem ficará com a vaga do grupo nos Jogos Olímpicos do ano quem. Somente a equipe vencedora de cada chave estará classificada.

Folha de Pernambuco