João Pessoa 21/02/2019

Início » Notícias » Cabedelo: três vereadores que podem ter mandato cassado, diz prefeito

Cabedelo: três vereadores que podem ter mandato cassado, diz prefeito

O prefeito interino de Cabedelo citou na tarde desta quinta-feira (03) o nome de três vereadores que segundo ele terão o mandato cassado ainda este ano.

Vitor declarou que o vereador José Eudes deve ser cassado por conta das suas faltas. De acordo com o prefeito o vereador não compareceu a nenhuma sessão no ano de 2018. Ainda de acordo com o prefeito na delação premiada na Operação Xeque-Mate do ex-secretário de Comunicação Olívio, Eudes foi citado várias vezes.

“Ele não trabalhou, ele faltou o ano todo e não apresentou nada que justificasse, ele ia ser cassado antes mas Geusa. Ele tem o direito de recorrer mas acredito na cassação de Eudes e fora isso há rumores na cidade que apontam que na delação de Olívio só deu Eudes. Ele pediu valores a Olívio e isso já está na Polícia Federal. Quem diz que eu vou ser preso todos os dias pode ser preso a qualquer momento em Cabedelo” declarou.

A segunda vereadora que Vitor Hugo citou foi Fabiana Régis. Ele declarou que caso ela não seja afastada por decisão do Ministério Público, a Câmara poderá decidir pela cassação por quebra de decoro parlamentar.

“Fabiana Régis que é ré confessa, ela confessou que assinou a carta renúncia, inclusive foi indiciada pelo Ministério Público. Se não afastar, a Câmara vai afastar pelo decoro e ela deve perder o mandato ainda este ano” disse.

A última vereadora é a ex-presidente da Câmara Geusa Ribeiro, já que Vitor Hugo disse que há indícios que ela recebia de forma irregular parte do salário dos servidores contratados para a Câmara.

“A outra é Geusa pois há indícios que estão sendo investigados de que ela recebia 50% do salário de todos os contratados na Câmara por ela. Inclusive dois que foram exonerados que não aceitaram pagar a ela já fizeram delação” concluiu.

PB Agora