Cai diferença entre Macron e Le Pen para segundo turno da eleição francesa

Nova pesquisa Odoxa mostra diminuição da distância entre Macron e Le Pen na preferência dos eleitores franceses.Philippe LOPEZ / AFP

A pesquisa do Insitituto Odoxa, publicada nesta sexta-feira (28), mostra que o candidato do movimento Em Marcha!, Emmanuel Macron, perdeu quatro pontos que foram recuperados pela líder da extrema-direita francesa, Marine Le Pen, do partido Frente Nacional (FN).

O placar fica mais apertado a menos de 10 dias do segundo turno da eleição presidencial francesa, de acordo com a nova pesquisa Odoxa publicada nesta sexta-feira (28): segundo a sondagem de opinião, o centrista Emmanuel Macron seria eleito presidente com 59% dos votos contra 41% para Marine Le Pen, da Frente Nacional.

A pesquisa foi realizada no momento em que acontecia o deslocamento de ambos os candidatos na usina de Whirpool, em Amiens, no norte da França. A pesquisa credita a perda dos quatro pontos percentuais ao mau desempenho de Macron junto aos operários da usina, que temem pela ameaça de sua transferência para a Polônia. Muitos operários, segundo a imprensa francesa, culpam o centrista por não ter resolvido a questão quando era ministro da Economia de François Hollande, o atual presidente socialista.

“Macron está pagando [com a perda dos quatro pontos percentuais] por sua partida mal jogada em Whirpool”, escreveu o Instituto Odoxa em um comunicado. Ainda segundo a pesquisa, apenas 40% dos eleitores de Jean-Luc Mélenchon, do movimento França Insubmissa, votariam por Macron no segundo turno, o que significa uma baixa de 13 pontos em poucos dias, mostrando um aumento significativo no desejo de se abster no próximo dia 7 de maio, quando acontece a votação final.

A pesquisa foi realizada com cerca de mil franceses, maiores de 18 anos, sendo 968 deles inscritos nas listas eleitorais. A margem de erro é calculada em 3 pontos percentuais.

 Veja o vídeo abaixo em português para conferir as diferenças entre os programas dos dois candidatos (https://www.youtube.com/watch?v=Reg6ZuQk8ho):

RFI