CPrefeito Santa Rita paga 500 mil com licitação suspensa e Câmara aprova duas CPI's para apurar irregularidades

Prefeito Santa Rita paga 500 mil com licitação suspensa e Câmara aprova duas CPI’s para apurar irregularidades

Após período eleitoral que levou a derrota da primeira Dama de Santa Rita-PB, Jane Panta (PPS), e a hostilidade do prefeito Panta a alguns vereadores aliados e até mesmo os que conquistou de última hora como o presidente da câmara Gustavo Santos e outros o tratamento retornou ao início quando o prefeito assumiu a gestão em primeiro de Janeiro 2017, e por decisão da maioria naquela casa parlamentar decidirão investigar os atos do prefeito pelo qual foi detectada diversas irregularidades na gestão que não existe transparência e nem tão pouco respeito aos poderes e, de posse sobre os balancetes vereadores resolveram abrir uma comissão parlamentar de inquérito para investigar as irregularidades em defesa dos recursos do povo de  Santa Rita.
Naquela casa legislativa o que não falta é confusão, ao invés de legislar em favor do povo a maioria dos vereadores fazem o maior embaraço que de um dia para o outro as denúncias, convocações do prefeito a prestar esclarecimentos aquela casa legislativa e que não atendida pelo prefeito Panta os resolveram fiscalizar e constaram as irregularidades que na manhã desta quinta-feira (27) por maioria absoluta dos vereadores aprovaram duas (2) comissões parlamentares de inquérito contra a gestão do prefeito tucano Panta.
Na Câmara de Santa Rita os vereadores aprovaram a criação de duas CPI’s que contou com 14 votos em favor da abertura dos 19 parlamentares que a partir de sua publicação investigará os contratos firmados entre a prefeitura e empresas que fazem a coleta de lixo e, ainda empenhos pagos a uma empresa de Material de Construção, que segundo informações preliminares pertenceria a parentes do prefeito. De acordo com o Sagres os valores atinge cerca de meio milhão de reais e que supostamente foram pagos mesmo com o processo licitatório suspensa, e parecer de nulidade contratual emitido pelo Tribunal de Contas do Estado da PB, A empresa no entanto, não teria comprovação da entrega dos produtos adquiridos para atender as demandas da Secretaria de Infraestrutura.
O que chegou a intrigar aos vereadores tanto de oposição e situação é nos últimos dias o prefeito Panta foi à Brasília e visitou o presidente do Supremo Tribunal Federal Dias Toffoli e que até chegou a gravar um vídeo de sua passagem naquela de justiça, e que os vereadores de Santa Rita não se amedrontaram e estão cumprindo seu papel do legislativo e quem não deve não teme, vamos esperar até a virada para 2019 e esperar os acontecimentos por que aquela legislativa é costumeira tomar uma atitude em dia seguinte revogar o ato.

Veja as duas Comissões são compostas por Vanda de Olavo, Flávio Pereira e João Grandão. Veja os documentos:

Lamartine do Vale