Câmara de Santa Rita tenta ressuscitar ex-prefeito Reginaldo Pereira; sofre mais uma derrota TJPB, e frustra vereadores que é contra o povo Santa Rita.

pageEm mais uma tentativa frustrada na tentativa de ressuscitar o ex-prefeito cassado Reginaldo Pereira para retornar a prefeitura de Santa Rita, nesta segunda-feira (4), durante o recesso no Tribunal de Justiça, no plantão judiciário e sofre mais uma derrota, o plantonista manteve a decisão do presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba Abharan Linclin, e Netinho fica assegurado no comando da prefeitura de Santa Rita.

A mesa diretora da Câmara de Santa Rita com sua banca de advogacia impetrou ação cautelar na tentativa de derrubar a ação da liminar do presidente do Tribunal de Justiça concedida a atual prefeito de Santa Rita Netinho de Várzea Nova, e  sem nenhum fato novo na ação completamente descaracterizado, descontextualizado da situação jurídica de Santa Rita, obstantemente fora negado, que o que prevalece na ação é a canetada do presidente do Tribunal de Justiça.

Há 100 dias depois da decisão de mérito do magistrado Gustavo Procópio, da comarca de Santa Rita, e a  Quase 20 depois do início do recesso do Judiciário, e sem nenhum fato novo, sem nada a acrescentar no processo e sem nenhuma urgência, o magistrado plantonista indeferiu e manteve a decisão de liminar que colocou o prefeito Netinho á frente da prefeitura de Santa Rita.

Perguntar não ofende mais o povo de Santa Rita quer saber?

Qual o grande interesse da mesa diretora da câmara na volta de Reginaldo Pereira??

– Quais os interesses desses vereadores estão sendo contrariados com a queda do imperador nu amarelo??

– Que tipo de abstinência estariam passando esses pobres parlamentares sem o apadrinhamento de RP??

– Por que esses vereadores sentem tanto ódio do povo, a ponto de quererem a todo custo devolver a doença amarela à população??

Questionamentos que não querem calar e que precisam de respostas das valorosas excelências.

Outubro tá chegando, e o cancão vai piar, miar, latir e morder.

A Justiça já se decidiu e ficou ao lado do povo.

Podem atentar, mas não esqueçam nunca quem é o Deus provedor da liberdade da nossa cidade.

“Vamos à frente”.

Manno costa com Lamartine do Vale.