Campinense perde nos pênaltis, depois de vencer o Operário por 1x0 no tempo regulamentar

Campinense perde nos pênaltis, depois de vencer o Operário por 1×0 no tempo regulamentar

campinense12O Campinense fez a sua parte durante o período regulamentar da partida contra o Operário-PR neste domingo (4), no Estádio Amigão, em Campina Grande, mas a vitória por 1 x 0 não foi suficiente para levar o time paraibano a próxima fase do Campeonato Brasileiro da Série “D”. O jogo foi para as cobranças de pênaltis e os visitantes acabaram levando a melhor, convertendo quatro penalidades contra três do rubronegro da Paraíba.

Valdeir marcou o único gol da partida no primeiro tempo. O Campinense lutou muito, mas pegou um Operário retrancado e dificultando as ações dos rubronegros paraibanos. No jogo de ida, os paranaenses venceram pelo mesmo placar da partida deste domingo. Por isso, a decisão foi para a cobrança de pênaltis. O goleiro Paulo Sérgio saiu de campo como herói. Além de ter defendido uma penalidade cobrada por Felipe Ramon, ele converteu quando foi chamado a cobrar.

Os times:

Campinense: Gledson, Grafite, Joécio (João Paulo), Tiago Sala e Felipe Ramon; Negreti, David (Éder), Leandro Sobral (Adalgiso Pitbull) e Valdeir; Túlio Renan e Rodrigão. Técnico: Francisco Diá.

Operário-PR: Paulo Sérgio, Alemão, Marcelo Xavier, Juan Sosa e Capa; Chicão, Lucas (Pedrinho), Doda e Renan Oliveira (Julinho); Rossi e Joelson (Elionar Bombinha). Técnico: Itamar Shulle.

Marcone Ferreira