Cartaxo ironiza terceirização da Educação anunciada por Ricardo Coutinho

Assim como o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação da Paraíba (Sintep-PB), o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD) se posicionou contra a terceirização da educação estadual da Paraíba. O prefeito disse que a educação é responsabilidade da gestão, seja ela municipal, estadual ou federal.

“A educação não pode ser terceirizada, educação é uma responsabilidade eminente de um governo, seja municipal, estadual ou federal, então eu prefiro seguir no rumo que estamos seguindo em João pessoa, realizando concurso público, investindo em creches, fazendo investimentos que consideramos prioridade em nossa gestão. A prefeitura de João Pessoa não terceiriza sua responsabilidade com a educação”, destacou o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo.

Luciano Cartaxo disse que o governo da Paraíba se antecipou à reforma trabalhista votada nesta terça-feira (11), no senado federal e que, segundo ele, na sua gestão, à frente da Prefeitura Municipal de João Pessoa, educação é prioridade.

“A terceirização da educação é uma antecipação da reforma trabalhista, que foi aprovada ontem, mas aqui já estão fazendo. Eu faço o contrário, fiz um concurso público para 1300 vagas na educação e dei posse a todos de uma vez, então eu acredito que é a precarização do serviço, a contratação que não dá garantias ao servidor, principalmente numa área essencial como a educação”, disse Luciano Cartaxo, prefeito de João Pessoa.

Portal Correio