Cartaxo reage à adesão do PPS à pré-candidatura de Cida Ramos à PMJP e ataca Nonato Bandeira

CARTAXO ALFINETAA adesão do PPS ao projeto político socialista, oficializada na manhã de ontem, quinta-feira (19) não passou despercebida pelo prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo(PSD), que perdeu o apoio da agremiação para as eleições deste ano. Na manhã de hoje, sexta-feira (20), durante solenidade, o prefeito disse que a união dos partidos representa o “passado”, enquanto a gestão dele teria o olhar voltado para o futuro.

“Eu não olho para trás, eu olho para frente. Tem gente que gosta de pegar o caminho de volta. Eu gosto do caminho do futuro. É dessa forma que estamos trabalhando. É a primeira vez que vejo a oposição criticar a gestão e o prefeito que entrega obras e paga saláros dentro do mês trabalhado. Isso só demonstra que alguns perderam o discurso e o senso de responsabilidade e hoje ao invés de trabalhar fica nas picuinhas e miudezas, com a política do retrovisor, apego ao passado. Não tem visão de futuro e nem a capacidade de olhar adiante”.

Na sua opinião, Cartaxo acredita que Nonato perdeu a oportunidade de trabalhar pela cidade e que essa sua volta ao passado pode ser miopia política e lamentou essa postura.

“O vice prefeito infelizmente perdeu a oportunidade de trabalhar por João Pessoa. A partir do momento que ele esquece de olhar adiante, de pensar no futuro da cidade, de contribuir com a gestão. O vice prefeito não participou das reuniões e nem das inaugurações, eu só lamento esse tipo de postura. Tem pessoas que tem miopia política. O que é fundamental para todos nós é o ritmo forte de trabalho que infelizmente incomoda muita gente”, salientou.

Cartaxo emendou dizendo que o foco é na gestão e observou que ama o futuro.

“Estamos focados na gestão e na disposição de trabalhar cada vez mais pela cidade. Vamos deixar o passado para quem gosta do passado. Eu amo o futuro”, finalizou.

Vanessa de Melo com informações de Henrique Lima

PB agora