Cartaxo rebate Enivaldo Ribeiro sobre eleições: ‘equivocado’

Cartaxo rebate Enivaldo Ribeiro sobre eleições: ‘equivocado’

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), rebateu nesta sexta-feira (16), as afirmações do vice-prefeito de Campina Grande, Enivaldo Ribeiro (PP) a respeito das eleições municipais.

O Progressista teria criticado a demora do prefeito da Capital em se posicionar a respeito das eleições de 2020, afirmado que a campanha seria prejudicada, como foi em 2018 e o prefeito afirmou que era um equívoco do político campinense: “O PP foi o último partido a definir quem iria apoiar”, disse.

Cartaxo afirmou que colocou o nome na eleição passada, pois era importante ter uma definição mais antecipada, por tratar-se de um pleito estadual. O gestor também apontou que era importante ter uma definição até a virada do mês.

“Fiz essa cobrança pública várias vezes e o PP foi o último partido a definir quem iria apoiar. Não foi a nossa aliança, nem o PV. Nos colocamos a disposição de construir um diálogo e a oposição não conseguiu chegar a um consenso e apresentou várias candidaturas. Eu sempre disse que era preciso manter a unidade, apresentasse um único candidato, bati nessa tecla várias vezes do prazo e da união, mas outros partidos preferiram entender a possibilidade de várias candidaturas. Não fomos nós que seguramos ou retardamos o processo de escolha do candidato”, alegou.

A respeito da questão municipal, Cartaxo vê de outra forma, pois, como prefeito, precisa continuar “entregando obras, melhorando serviços públicos’ e na hora oportuna vai fazer discussão sobre o nome que será apresentado para disputar

O prazo dado pelo gestor é até o final do ano para discutir e dialogar e quando foi feito isso, “iremos às ruas para dialogar e mostrar o que foi feito”.

A estratégia do prefeito é manter a união e assim como sugeriu em 2018, lançar uma candidatura única em 2020. “É a minha linha, para ganhar as eleições tem que ter unidade. Temos condições de apresentar um nome forte”, disse.

Marília Domingues / Fernando Braz