Cartaxo vê aproximação a Dinaldo Wanderley e alfineta Ricardo

O prefeito Luciano Cartaxo (PSD) fez declarações cheias de insinuações e alfinetadas ao governador  Ricardo Coutinho (PSB) durante entrega de reforma do Centro de Cidadania do Costa e Silva, nesta segunda-feira (30). O chefe do executivo municipal também comentou sua viagem a Patos e se mostrou empolgado com apoios que tem recebido para as eleições de 2018.

Questionado sobre críticas da oposição as suas viagens pelo interior do estado, o prefeito voltou a dizer que responde as críticas com “muito trabalho”, tanto é que hoje, uma segunda feira, está entregando um centro de cidadania no Costa e Silva. Cartaxo frisou ainda que ao receber convites de outros gestores para compartilhar o modelo de gestão de João Pessoa irá fazer “porque temos a humildade de poder aprender com boas experiências que têm no interior do estado”.

Em relação ao encontro com o prefeito de Patos, Dinaldo Wanderley (PSDB), Cartaxo se mostrou empolgado. “Dinaldinho é uma pessoa que tenho uma amizade, é uma referência muito importante. Um prefeito jovem que está fazendo um belo trabalho a frente do município de Patos, um dos maiores do sertão da Paraíba. E nós tivemos a oportunidade de compartilhar experiências e de falar um pouco da nossa gestão em João Pessoa”, pontua.

O alcaide considera que o estado está vivendo um novo ciclo político. “A gente está fazendo uma avaliação muito positiva em relação ao cenário futuro da Paraíba, a um novo ciclo político, administrativo, e que possa melhorar a vida da população. É esse o desafio que está colocado para todos nós, então nós vamos continuar dialogando e discutindo e buscando alternativa para o futuro da Paraíba”.

Críticas a Ricardo Coutinho

O prefeito de João Pessoa também aproveitou a deixa para fazer algumas críticas ao governador Ricardo Coutinho (PSB), evitando um embate direto.

“Eu trabalho mais de 12 horas por dia para fazer o melhor pelo povo de João pessoa. Nós temos uma equipe extremamente unida, eu acredito que o trabalho tem que ser em equipe. Eu não acredito em governo de um homem só”, pontuou. A afirmação pode ser considerada uma indireta ao governador, muitas vezes considerado um gestor personalista.

Em relação a cortes no custeio das secretárias anunciado pelo secretário de Planejamento, Waldson de Souza, Cartaxo voltou a carga. “Eu digo que em João Pessoa temos investido muito na área da saúde, estamos indo além do que a Constituição preconiza, no que se refere aos 15% de receitas próprias para investir na área da saúde, já passamos de 20% na área da saúde. A saúde, educação, segurança pública, requer não só investimento, mas gestão para que a gente possa ter um resultado melhor na qualidade de vida da população. Essas três áreas nós consideramos essenciais, uma responsabilidade que nenhum governo pode abrir mão e muito menos diminuir os investimentos”, finalizou.

Assista Vídeo:

Paulo Dantas e Albemar Santos – MaisPB