Caso Rafael Miguel: importante testemunha revela informação decisiva para o fim das investigações

Caso Rafael Miguel: importante testemunha revela informação decisiva para o fim das investigações

O caso do ator Rafael Miguel está há muito tempo na mídia, pois o modo que o crime foi cometido deixou o país inteiro comovido. Até hoje o principal suspeito pelo crime não foi encontrado. Porém, uma importante testemunha apareceu e deu informações importantíssimas para a polícia, fazendo com que o caso esteja próximo de acabar.

Um frentista se apresentou para a polícia e disse ter reconhecido Paulo Cupertino, principal suspeito de assassinar Rafael Miguel e seus pais. O funcionário contou para os policiais que viu Paulo dirigindo um carro do modelo Monza, de cor azul, perto do posto de gasolina no sábado do dia 29 de junho. Cupertino está sumido desde o dia 9 de junho.

Segundo informações da emissora Record TV, o carro chamou a atenção do frentista, que não pensou duas vezes e começou a gritar que Paulo Cupertino era o assassino de Rafael Miguel e sua família.

Isabela Tibcherani e Rafael Miguel (Foto: Reprodução/Instagram)
Namorada de Rafael Miguel, Isabela Tibcheani, junto ao ator (Foto: Reprodução/Instagram)

Relembre o caso

O ator Rafael Miguel e seus pais foram brutalmente mortos no dia 9 de junho, às 14h no bairro Pedreira, localizado na zona sul da capital paulista. Segundo o boletim de ocorrência, o ator foi para a casa de sua namorada, acompanhado de seus pais, com o intuito de falar sobre o relacionamento dos dois jovens.

Assassino do ator Rafael Miguel pode estar morto (Foto: Reprodução)
Assassino do ator Rafael Miguel pode estar morto (Foto: Reprodução)

Ao chegar no local, Rafael e seus pais foram recebidos pela garota e sua mãe. Por volta de 13h55 Paulo Cupertino chegou na casa e atirou nas três vítimas que estavam aguardando no portão da casa. Ao longo das investigações, foi descoberto que o pai da menina teve passagens pela polícia por roubo.

TV Foco