Cássio garante que PSDB terá candidatura própria, mas afirma que nome ainda será escolhido

cassio sufere candid de vfederalO senador Cássio Cunha Lima (PSDB) foi entrevistado no programa Rádio Verdade nesta sexta-feira (25) e deixou claro que o partido já tomou uma decisão definitiva: o PSDB terá candidato próprio ao Governo do Estado. Fora isso, o senador garante que nada está decidido, nem mesmo o nome do candidato.

“O meu nome é o mais lembrado pelos filiados, mas ainda não houve essa decisão. E também não pode ser unilateral, quando chegar o momento o partido vai escolher o nome, pode ser o meu ou de outro que se colocar”, afirmou

Cássio comentou a divergência com o senador Cícero Lucena (PSDB) que quer se candidatar ao Senado. “Eu não vejo o PSDB com hegemonia para lançar uma candidatura ao Governo e ao Senado em uma chapa pura. É preciso formar alianças. Cícero é um dos melhores quadros desse partido e pode lançar seu nome para qualquer quadro”, colocou.

Cássio afirma que o PSDB não tem hegemonia para lançar candidato ao Senado junto com Governo

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) foi entrevistado no programa Rádio Verdade e falou sobre a divergência que se apresenta com o senador Cícero Lucena (PSDB) na formação estratégica da candidatura dos tucanos para o Governo do Estado.

Após a decisão de lançar uma candidatura própria, o partido enfrenta o dilema de lançar uma chapa pura, com governador e senador do partido, ou deixar a vaga do Senado aberta para formar aliança com outro partido. Cássio, grande liderança do partido e provável candidato ao Governo, afirma que o partido não tem hegemonia para se lançar sem aliado na chapa majoritária.

“Cícero acha que o PSDB pode ter um candidato ao Governo e ao Senado. E ele tem todo o direito de achar isso. Cícero é importantíssimo e um grande quadro do partido. Estamos diante de uma decisão estratégica e isso será discutido pelo partido”, colocou.

 

Pedro Callado