Ceará e Atlético Paranaense ficam no 0 a 0 e seguem ameaçados no Brasileiro

Ceará e Atlético Paranaense ficam no 0 a 0 e seguem ameaçados no Brasileiro

A torcida do Ceará até compareceu em bom número no PV, enquanto o torcedor do Atlético Paranaense vinha animado pela grande atuação do meio de semana, mas os dois times ficaram devendo e não saíram do 0 a 0, na tarde deste sábado.

O resultado mantém ambos na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, podendo ver, dependendo dos resultados da rodada, a luz no fim do túnel se distanciar.

Equipes frustram torcedores

Empolgado pelo resultado no Uruguai (goleada sobre o Peñarol), o Atlético Paranaense foi ao ataque em Fortaleza. O Ceará tentou manter a intensidade inicial dos últimos jogos, mas não conseguiu dominar o rival.

Depois de estar sob o domínio do adversário nos dez primeiros minutos, o Vozão foi entrando no jogo aos poucos. Na prática, conseguia ser mais objetivo que o rival, e assustou com alguns arremates.

Arthur, como de costume, era o grande destaque do Alvinegro. O atacante fazia sempre muito bem o pivô para os companheiros, mas também finalizava. Em um dos arremates, Santos teve de ir no cantinho fazer a defesa.

As raras chances de gol da primeira parte foram dos donos da casa. Os visitantes pouco ameaçaram a meta de Éverson, em um 0 a 0 bem morno.

Duelo tenta ganhar em animação

O Atlético Paranaense só conseguiu uma boa chance no segundo tempo, e logo no início. Bergson mandou chute no cantinho e Éverson fez grande defesa. Na sequência, Nikão ameaçou em chute de canhota.

Do outro lado, Leandro Carvalho deu trabalho para Santos. As duas equipes tentavam mostrar que tinham condições de evitar um empate sem gols.

Só que, assim como no primeiro tempo, a intensidade dos times foi diminuindo na medida que o cansaço ia aumentando.O desespero nos minutos finais não evitou um 0 a 0 preocupante em termos de tabela.

O Gol