CGU identifica pagamento de Bolsa Família a filha de prefeito - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

CGU identifica pagamento de Bolsa Família a filha de prefeito

bolsa famíliaEntre as falhas apontadas pela CGU (Controladoria-Geral da União) na administração dos recursos federais por parte de prefeituras, há casos como o pagamento de Bolsa Família à filha de um prefeito e uso do extinto tributo da CPMF para justificar gastos.

O relatório do órgão sobre o município de Cipó, na Bahia, apontou que a filha do atual prefeito, Romildo Ferreira Santos (PSD), é beneficiária do Bolsa Família.

O documento, que não cita nomes, afirma que ela recebia mensalmente R$ 102 e que sua renda per capita familiar era superior ao teto estabelecido pelo programa.

O mesmo relatório diz que a Prefeitura de Cipó afirmou ter feito o cancelamento do benefício em 6 de março deste ano. No entanto, o município não apresentou documentos para comprovar a suspensão do pagamento.

Já em Morrinhos, no Ceará, a administração incluiu a CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira) na planilha orçamentária da obra de uma UBS para superfaturar recibos.

O contrato foi firmado em 2011 e o tributo foi extinto em 2008. A manobra permitiu inflar em R$ 8.033,60 o valor total do contrato, de acordo com o relatório da CGU.

A prefeitura informou ao órgão que o valor incluído na planilha de forma equivocada é de R$ 803,36, e não o apontado na investigação, e que devolveria a quantia.

Folha não conseguiu contato com as prefeituras dos dois municípios.

Folha de São Paulo