João Pessoa 12/12/2018

Início » Esporte » Chape busca vitória no Pacaembu contra o Santos e fica mais perto de deixar o Z4

Chape busca vitória no Pacaembu contra o Santos e fica mais perto de deixar o Z4

Com gol de Leandro Pereira, a Chapecoense conseguiu buscar a vitória no Pacaembu contra o Santos, por 1 a 0, para ficar mais perto de deixar a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

O Verdão do Oeste alcançou os mesmos 37 pontos do Sport, primeiro time fora do Z4, mas perde no número de vitórias. Já o Peixe, com 46, perdeu a chance de entrar no G6.

Chape sai da pressão e abre o placar

O Santos teve tudo sob controle no início. Logo no primeiro minuto, Copete esteve muito perto de abrir o placar, e a bola não entrou por muito pouco. A pressão seguiria.

Bryan Ruíz, em cobrança de falta, também ficou perto de marcar, mas Jandrei, com bela defesa, evitou. A Chapecoense conseguiu passar pelo sufoco inicial.

Com o passar do tempo, a posse de bola santista não ia mais se traduzindo em chances reais de gol. O Verdão do Oeste, por outro lado, começava a ficar perigoso em contragolpes.

Aos 28 minutos, Canteros conseguiu arrumar escanteio. O próprio argentino cobrou, Gustavo Henrique desviou e a bola sobrou para Leandro Pereira, livre na área, mandar para dentro.

O Peixe não conseguiu se recuperar do golpe no primeiro tempo. Pouco antes do intervalo, Dérlis ficou pedindo pênalti após mão de um adversário na área, mas nada foi marcado.

Santos é pouco eficiente na busca por resultado

O Alvinegro voltou para o segundo tempo com Arthur Gomes e Rodrygo. Canteros esboçou esfriar a empolgação com as mudanças com um chute de fora que passou muito perto.

Mas o próprio Santos dava um banho de água fria na própria torcida. Assim como durante quase todo o primeiro tempo, o time seguia sem criatividade. A Chape se defendia bem e não passava muito apuro.

Bruno Henrique foi a última aposta santista na busca pela vitória. Os minutos finais foram de desespero. Enquanto de um lado Canteros assustava sempre que possível, do outro os donos da casa, desorganizados, buscavam um gol do céu.

Não caiu nada do céu, nem um ponto. Os paulistas perdem grande chance de subir ao G6, enquanto os catarinenses ganham vida, mais próximos de sair do buraco.

O G ol