Chelsea decepciona com empate, mas entra no G4

Chelsea decepciona com empate, mas entra no G4

O Chelsea entrou na zona de classificação para a Liga dos Campeões, mas deixou Stamford Bridge com a impressão de que poderia ter feito mais. Depois de reagir a um gol no início, o time londrino cedeu o empate em 2 a 2 ao Burnley e perdeu a chance de abrir vantagem sobre o Arsenal na quarta posição. Com 67 pontos, o Chelsea é agora o último da zona de classificação para a Liga dos Campeões, contra 66 do Arsenal.

Mas os Gunners tem um jogo por fazer e ainda dependem apenas de seus resultados. O Burnley, com 40 pontos, é o 15º colocado. Um início louco e um fim sem graça Os primeiros minutos em Stamford Bridge foram bastante animados. Os donos da casa começaram com pressão total, apenas para serem surpreendidos aos oito minutos por uma bomba de primeira de Hendrick da meia-lua, aproveitando sobra de bola na sequência de escanteio.

Kanté empatou quase de imediato, e graças a colaboração de um inspirado Hazard. O belga chegou na área pela ponta esquerda, cortou dois para a linha de fundo, voltou para trás deixando os marcadores confusos e deu a assistência para o francês. A virada saiu com apenas 14 minutos jogados, em mais um lance bonito, desta vez de Higuaín.

O argentino deu um drible desconcertante na entrada da área, tabelou com Azpilicueta e, mesmo com pouco ângulo, acertou um canhão indefensável. Loftus-Cheek quase marcou o terceiro dos Blues na sequência, mas o Burnley ainda tinha uma carta na manga na bola parada. Depois de cobrança de falta da intermediária, dois desvios de cabeça e Barnes empurrou para a rede.

O primeiro tempo ainda teve mais um lance plástico em chute forte de Higuaín, passando perto do gol. Mas a expectativa por um segundo tempo do mesmo nível não seria correspondida. Com Matic na vaga de Kanté, lesionado, o Chelsea voltou para a segunda etapa sem abandonar a pressão, mas ao mesmo tempo sem a mesma força. O time de Sarri pareceu ter deixado a inspiração no vestiário e acabou por se contentar com o empate, que pode ser insuficiente para a Liga dos Campeões.

O Gol