Chico do Sindicato e Professor Gabriel retiram assinaturas e enterram CPI da Rosilene Gomes

cpi de rosiene gomesDois vereadores pessoenses retiraram as assinaturas e inviabilizaram nesta terça-feira (29) a criação de uma comissão parlamentar de inquérito para investigar denúncias de irregularidades, atribuídas à Federação Paraibana de Futebol (FPF). Ao ser protocolado pelo vereador Renato Martins(PSB-JP), o requerimento tinha 8 assinaturas. Com a retirada dos apoios de dois vereadores, restaram 6. O número mínimo de assinaturas necessárias para a criação de uma CPI na Câmara de João Pessoa é 9.

 

As retirada dos nomes feitas pelos vereadores Chico do Sindicato (PP) e Professo Gabriel (SDD) se deu de forma grosseira e sem nenhuma explicação, revelou Renato Martins: “Eles pediram o requerimento e apenas rasuraram suas assinaturas”, disse Martins.  O autor do requerimento disse que levará o caso ao Ministério Público da Paraíba, já que a CMJP se recusou investigar supostas irregularidades na Federação Paraibana de Futebol e a gestão de Rosilene Gomes. Entre as denúncias, os vereadores investigariam o destino dos valores de repasse anunciados e efetivamente que chegaram aos cofres do para o Botafogo-PB na Série D do Campeonato Brasileiro Futebol e o Seguro Torcedor.

 

Agora o requerimento tem apenas  6 assinaturas (Felipe Leitão, Raoini Mendes, Helton Renê, Brunno Farias, Luiz Flávio e Renato Mendes).  Outra decepção foi a inciativa do vereador Zezinho do Botafogo (PSB) que se recusou assinar o pedido de investigação.

 

ClickPB