China vai financiar primeiro trem intermunicipal de SP

China vai financiar primeiro trem intermunicipal de SP

Reunião com executivos da TBEA, gigante chinesa do setor de energia que está em busca de oportunidades de novos investimentos em SP. Reunião com a diretoria da COFCO, maior importadora de alimentos do mundo. Assinatura de acordo de cooperação técnica com a Inno Way, incubadora da Prefeitura de Pequim que integra o Zhongguancun Innovation Street, considerado o Vale do Silício chinês.

Doria visita país em busca de desestatização

O governador João Doria (PSDB) vai receber, nesta quarta-feira (7), o apoio formal para a construção do trem intermunicipal. Um grupo chinês da cidade de Xiam vai manifestar o seu interesse em fazer o primeiro projeto do novo modelo de transporte, que vai ligar São Paulo a Campinas e também a Americana.

Ainda em Pequim, o presidente da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), Benedito Braga, conversou com empresários locais a respeito da despoluição dos rios Pinheiros e Tietê. Segundo ele, essa tarefa ficará com a companhia.

“Estamos estudando o envolvimento dos chineses no projeto como um todo. A parte de despoluição dos afluentes já está ao encargo da Sabesp, que já está fazendo as licitações que são necessárias para acelerar esse processo”, explicou.

Na terça-feira (6), o presidente da Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade de São Paulo (Invest SP), Wilson Mello, do programa de desestatização, foi apresentado, assim como o secretário Gustavo Junqueira, da Agricultura, que discursou sobre as potencialidades do agronegócio.

“A relação entre Brasil e China normalmente acaba no Porto de Santos, nós precisamos dar um segundo passo, mais firme, onde as companhias chinesas possam investir diretamente na produção, o que vale para o agronegócio mas vale também para outras áreas da economia brasileira, e os brasileiros também precisam avançar, precisam sair do porto de Xangai e conseguir colocar, nas prateleiras chinesas, os nossos produtos”, disse.

Hoje, o governador Doria cumpre agenda em Xiam e vai conhecer o exército de Terracota.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos