João Pessoa 22/03/2019

Início » Variedades » Chips nos uniformes: escolas da China controlam fluxo de alunos de forma “smart”

Chips nos uniformes: escolas da China controlam fluxo de alunos de forma “smart”

A China costuma adotar medidas que causam grande repercussão em todo o mundo. A mais recente delas é em relação ao uso de chips nos uniformes escolares para o monitoramento dos alunos. Mais de 10 escolas na província de Guizhou, sudoeste da China, já estão adotando esse uniforme smart que conta com dois chips, localizado nos ombros, que registram quando o aluno entra e sai da escola. Os dados colhidos são enviados para os pais, que passam a utilizar mais um meio tecnológico para o gerenciamento da frequência escolar do seu filho.

As escolas também estão utilizando um software de reconhecimento facial na entrada para certificar que alunos estiveram presentes naquele dia. De acordo com o China Global Times 800 alunos já estão utilizando esses uniformes na China.

O desenvolvimento e aplicação dos chips nos uniformes é feito pela Guizhoy Guanyu Technology Company. Caso o aluno deixe a escola sem permissão um alarme é acionado. As crianças também não podem trocar ou emprestar o seu uniforme para outro aluno. Os chips implantados no uniforme conseguem lidar com temperaturas de até 150ºC e resistem a 500 processos de lavagem do uniforme.  Caso o aluno durma durante a aula, um alarme também soa. Os pais controlam o fluxo escolar de seus filhos através de um aplicativo, que além de revelar se a criança foi pra escola também permite acompanhar o que os filhos estão comprando na escola.

chips nos uniformes

É evidente a decisão de implantar chips nos uniformes está gerando um debate extenso, principalmente para o quesito privacidade. Algumas pessoas na principal rede social da China, o Weibo, questionam o fato desse monitoramento do aluno, que poderia se manter ativo mesmo que a criança já estivesse fora da escola. De acordo com Yuan Bichang, gerente de projetos da empresa responsável pelos chips nos uniformes, diz que a escola só mantém o rastreio de localização fora do horário escolar se o aluno desaparecer. Essa posição é reforçada por Lin Zongwu, diretor de uma das escolas em que esse uniforme inteligente está ativo. Zongwu diz que a escola optou por não checar a localização do aluno após o horário, porém essa possibilidade pode ser útil para encontrar alunos que estejam faltando as aulas.

Wardwere