Cida Ramos entra com representação no MPF para barrar retirada de VLT da Grande João Pessoa

Cida entrou com representação para barrar a retirada de um dos VLTs de João Pessoa para Brasília (Foto: Divulgação/Assessoria Cida Ramos)

A deputada estadual eleita, Cida Ramos (PSB), entrou com representação junto ao Ministério Público Federal (MPF) na Paraíba para barrar a retirada de um dos Veículos Leves Sobre Trilhos (VLT) de João Pessoa para Brasília. Ela se reuniu com o procurador da República, José Godoy Bezerra, nessa terça-feira (13) para entregar o documento.

Cida alega que a medida trará “irreparáveis prejuízos” para a população beneficiária da frota. ”Essa eminente retirada do trem, que atende a população mais pobre de João Pessoa, Cabedelo, Bayeux e Santa Rita é extremamente preocupante, visto que uma frota que já é deficitária estará sendo diminuída e, consequentemente, causando sérios danos à oferta de serviços.”

A região metropolitana da Capital tem três veículos para uso diário, sendo dois em operação  simultânea e um em manutenção programada. Segundo informações da CBTU, cerca de 10,1 mil passageiros são transportados por dia, na Grande João Pessoa.

A deputada eleita acredita que a determinação do Conselho de Administração da Companhia Brasileira de Trens Urbanos trará sérios inconvenientes, principalmente para pessoas de baixa renda, principais usuários atendidos pela companhia. “A CBTU não avalia o infortúnio que trará aos que mais precisam”.

ClickPB